Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje, eu tive a certeza, que a minha passagem aqui na terra,
foi para somar; Não ser um a mais, mas marcar presença aqui,
ajudando a alguém, e sendo ajudado também.
Porque para se dar ou receber uma ajuda, não carece ter poderes 
aquisitivo elevado.
Qualquer um precisa de ajuda, sendo ele rico...ou não, e quanto
a ajuda, até alguém que esmola na rua, pode ajudar a alguém.
Essa ajuda pode ser atravessar uma criança para o outro lado da rua, ou até um ancião; Qualquer um pode socorrer alguém, 
chamando um resgate para uma grávida sozinha, que está preste a entrar em trabalho de parto, ou ao menos parar e perguntar, quando ver uma pessoa caída na rua...já que para isso não precisa de dinheiro.
Pode-se, ter muitos bens materiais, mas há certos momentos na vida, que isso de nada vale; Até porque o dinheiro não compra tudo.
Porque o dever de um ser humano é zelar pelo seu bem estar, da sua família, e de todos os outros seres viventes, que vivem ou habitam na face da terra; Eu penso assim.

Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 16/02/2006
Reeditado em 27/01/2010
Código do texto: T112645
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257178 leituras)
185 áudios (36330 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:08)
Antonio Hugo

Site do Escritor