Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arranje uma outra mãe!

             Lúcio, feliz, concretizava o sonho de ser um professor de Educação Física. Vislumbrava quatro longos anos de esforço e dedicação, debruçado sobre os livros para ser um bom profissional. Dono de muita determinação, aquele resultado positivo no vestibular da UFMG garantia o prenúncio vitorioso de sua carreira.
Morar em Belo Horizonte, longe da família, estudar, ficar em pensionato com colegas de idéias e ideais diferentes, tudo isso Lúcio foi tirando de letra, sem se queixar de pequenas e grandes pedras encontradas pelo caminho.
No final de semana, em Divinópolis, recarregava as baterias do afeto familiar.
Aos sábados, eu reinava na cozinha o dia inteiro, fazendo as quitandas preferidas para ele ter um café da manhã com gosto de mãe. Bom de garfo, ainda levava uma grande matula de panetone, biscoitos e bolos.
O Saulo, pequenino, brincava ao meu lado, enquanto eu enfrentava o forno. Observava tudo e percebia que metade do que eu fazia era reservada para o Lúcio. Um dia, ele encontrou uma solução para tanto trabalho. Todo enfático disse ao irmão:
- Lúcio, por que você não arranja outra mãe, em Belo Horizonte?


fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 24/02/2006
Reeditado em 17/08/2010
Código do texto: T115810
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (204238 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:43)
fernanda araujo