Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


BANDIDA VISÃO

Assistindo a um clipe de uma banda de Hip Hop, fui obrigada a parar para refletir o quanto estamos desinformados e distantes da dura e verdadeira realidade do universo de nosso povo pobre.

Uma fotografia que choca e, ao mesmo tempo, me enche de esperança ao ver e saber de como esse povo é capaz de alimentar o espírito, munido pela alegria garimpada, um dia de cada vez.

Imagens lindas, com toda a comunidade engajada e vaidosa de sua origem, de sua história, onde a melhor roupa foi colocada, os cabelos cuidadosamente preparados para a fotografia e muitos sorrisos nos lábios, numa miscelânea de jovens, velhos e crianças, todos transparentemente felizes.

A música balança os corpos soltos e atentos à oportunidade de aparecer na imagem. A letra “Bandido” um recado para quem avalia apenas as aparências. “Bandido” porque pelo ao menos roubou a sua e a minha atenção, e isso não é crime.

Parando para pensar, posso observar de que é muito pouco TUDO que esse povo precisa para se sentir valorizado e decolar na busca de oportunidade e, NADA ou, quase NADA é feito.

Ele não precisa de esmola, precisa é de escola. Precisa estar preparado para a concorrência do dia a dia em pé de igualdade. Precisa de atenção e instrumentos para proclamar a sua liberdade. Não precisa que se tutele a sua fala, ele sabe dizer de que precisa e o que quer, apesar de submetido a todo tipo de sorte. Ele apenas quer ter o direito ao intercâmbio de conhecimento, de realidade.

Num país onde ser privilegiado é ter onde morar e o que comer, todos nós temos responsabilidade pelo destino dessa esmagadora maioria submetida ao desprestigio. Retribuir nossas conquistas torna-se obrigação, já que nelas está embutido o suor de cada cidadão brasileiro pago em cada centavo de imposto.

Bandidos, talvez, sejam os nossos sentimentos e ações por estarem PRESOS a conceitos e preconceitos e pelo esquecimento de que existe vida vibrando fora de nossas grades.

Bandida é a nossa visão da verdadeira realidade de mundo e que nos assusta só quando somos incomodados pela insegurança de não podermos mais andar livremente pelas ruas.

Bandido é nosso medo. Ele rouba-nos a coragem de ver o outro apenas como ele é: uma pessoa que tem coração, um sonho, uma paixão; uma pessoa que é, na lei divina, NOSSO IRMÃO.



Rosa Berg
Enviado por Rosa Berg em 25/02/2006
Reeditado em 22/11/2008
Código do texto: T116008

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Berg
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
509 textos (71885 leituras)
30 áudios (5857 audições)
2 e-livros (2212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:12)
Rosa Berg