Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O dia?

Chegou cedo à reunião. Queria que tudo desse certo na inauguração de seu partido, o PMB( partido marxista brasileiro). Entretanto, ninguém havia chegado ainda. Somente ele, à espera do começo, do começo de algo novo, transformador.
Bem, depois de tecer alguns comentários sobre O dia, vou falar-lhes um pouco sobre ele; era assim que se chamava.
Não agüento mais ver tanta desigualdade, tanta violência contra o povo brasileiro. Todo dia, somos obrigados a assistir a essa canalhice da burguesia na TV: ricos são soltos por motivos de nobreza; pobres são presos por motivos-chicletes.
O sol havia queimado seu rosto de maneira especial, enquanto ele lia Marx. Ele ainda era capaz de sentir os resquícios de uma semi-ardência e motivação diárias. Depois disso, juntou seus amigos, convenceu-os da verdade, mas ainda faltava algo( ele não sabia o que era).
Voltando ao belo dia onde o sol brilhante e vermelho prenunciava vitórias com sangue e luta:
- Que bom! Todos estão aqui!
- Vamos iniciar com um grande brinde ao nosso grande Marx, antes de qualquer atividade.
- Hum... Qual o nome de vocês mesmo?
- Somos você, não se lembra de nós?
- Sou aquele que quer alimentar teu desejo de vencer.
- Sou aquele que quer se vingar de todos os seus fantasmas.
- Sou aquele que quer na veia todo seu ego.
E eu? O que sou? – Ah! Sou do PMB( partido marxista brasileiro).

existencialista
Enviado por existencialista em 12/03/2006
Reeditado em 20/02/2015
Código do texto: T122159
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
existencialista
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 29 anos
97 textos (4444 leituras)
1 áudios (26 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:43)
existencialista