Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos de Jabuticaba


Juliana, pequenina, olhava nos olhos de sua avó perguntando-lhe sobre tudo o que o mundo poderia suscitar-lhe dúvidas. Sua avó, calmamente, como que tocando piano no braço da cadeira, balançava-se, rindo pra si, expondo as dádivas do tempo em sua testa, parecia estar retornando a cada ano que vivera até ali. Juliana, quatro aninhos, com olhos parecendo duas jabuticabas e finos cabelos pretos jogados ao vento que corria por acaso naquela sala, continuava a olhar fixamente para a avó, esperando qualquer coisa que não fosse o simples silêncio. Juliana continuaria com muitas perguntas durante a vida... Sua avó continuaria com muitas respostas... A tarde foi caindo e Juliana agora não se incomodava mais com suas dúvidas. Corria de um lado pro outro da sala feliz como um passarinho. Mergulhada em sua vida, Juliana não pensava em mais nada, apenas vivia. Pés descalços no chão e pirulito na mão.

Josué Mendonça
Enviado por Josué Mendonça em 15/03/2006
Código do texto: T123579
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Josué Mendonça
Salvador - Bahia - Brasil, 36 anos
52 textos (2263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:16)