Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ESTUPIDEZ E OUTRAS COISAS MAIS

                     


             No presente momento da história humana, o que mais vemos, são todas as formas de estupidez que toma conta de todos os segmentos da sociedade.
    É muito comum alguém justificar a estupidez humana como uma necessidade ou mesmo uma contrapartida diante de outra estupidez maior da parte contrária.
    Vivemos uma época onde os valores já há muito se encontram perdidos. Por isso a humanidade se curva à ignorância, estupidez e a própria cretinice de muitos, que se julgam detentores de poder ou mesmo de sabedoria. Eles usam e abusam de todas as maneiras.
Pessoas se portam como sempre foram, idiotas travestidos de sábios. São governantes, políticos, economistas e religiosos, que procuram dominar os mais fracos valendo-se de toda a sorte de artimanhas.
    A sensatez se encontra como o caramujo, recolhida na própria concha por medo ou mesmo prudência à espera do momento de sair e se expor.
            Mas na atualidade vê-se que é quase impossível isto acontecer, pois nos encontramos ofuscados, oprimidos, prensados e de certa forma tolhidos pela máquina e toda a parafernália de uma sociedade corrompida, que inventa fórmulas milagrosas e salvadoras para manter um sistema que já se encontra perdido e que  beira o abismo da própria idiotia.
    As mudanças e transformações que irão se processar, com certeza irá desobstruir os canais necessários para que se consiga expor as bases da sabedoria já há muito esquecida, jogada fora, dentro de uma sociedade que sem parâmetros vive à deriva como barco sem o capitão que oriente a real direção a ser seguida.
      Assim, diante do amontoado de idéias vazias, vindas de onde nunca deveriam, somos obrigados a calar-se perante a estupidez dos mandatários, que se arvoram possuidores  de títulos por eles mesmos escolhidos e procuram ditar as normas para uma sociedade sem alma, uma verdadeira "Maria vai com as outras".
    Os modismos, os ícones inventados, os ídolos fabricados, as crenças, os desejos exacerbados, são cultuados de forma que todos se vejam diante de uma realidade "irreal" e se curve em uma obediência cega que leva todos para o mesmo destino. O nada.
    Estamos vivendo uma época de falsos valores, fabricados e cultuados para atender a uma grande parte da sociedade. Os sábios, os verdadeiros homens, se encolhem perante a massa que tenta obstruir o caminho da verdade.
    Diante de tudo que vemos, conclamamos todos aqueles que ainda acham poder fazer alguma coisa, para evitar que o domínio dos cretinos seja completo e não passe a estupidez a ditar normas para todo o mundo.
    Temos que dar um basta a tudo isso, senão apenas nos restará baixar a cabeça e nos curvarmos diante de tudo e seguirmos com o resto da grande massa que mais parece uma manada, sem vontade própria, que apenas segue o comando de um peão qualquer.
    Se, após tudo que vemos, continuarmos a nos portar como bestas humanas, sem valores, sem vontade, melhor mesmo é que deixemos que nos toquem, nos conduzam como um rebanho, a um curral qualquer, criado para que ali vivamos com o falso sentimento de felicidade.
    As perspectivas do futuro são aterradoras, pois os "grandes líderes" do mundo na atualidade são bestas estúpidas. Além da grande ignorância que os subjuga, procuram levar seus liderados a um lugar onde possa mantê-los presos a valores criados para que sintam que são felizes, porém sem o direito de pensar.
 
23/11/02 VEM





Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 18/03/2006
Reeditado em 11/04/2009
Código do texto: T124897
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (110784 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:42)
Vanderleis Maia