Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRIGAS, PRA QUÊ?

BRIGAS... PRA QUÊ ?

Eu não desejava, mas foi inevitável...
Ontem à noite, senti-me indelicado contigo. Não lhe imitei os gostos que são próprios da tua vida. Permaneci austero em minha conduta e calaste na decisão imposta pelo meu comando.
O quê aconteceu, então ?
Feri tua alma num estertor do desejo insatisfeito. Tragou-nos o desespero, envolvendo o amor numa umbrosidade ocasionada. Deixamos das diversões para recolher, na intimidade do nosso quarto, as mais amarguradas esperanças de um romance que parecia esfacelar-se na ira dos corações subornados.
O quê fazer, quando assim acontece ?
Existe uma frase conhecida que diz: “Só o amor constrói o que o ódio destrói.”
Ah! O amor !
É nesses desvairados momentos que provamos até que ponto nos amamos, e, na intimidade do lar, cercados dos coloridos ambientes, diante da vontade de sentir que ali reinava a felicidade, fomos nos envolvendo em absorções fantasiosas, impregnadas de delícias amorosas e por fim, trocamos algumas palavras.
Ah! Se pudéssemos reviver aqueles primeiros beijos, quando o amor era primavera e que, agora, no inverno da indiferença, forçava a separação fatal de dois corações unidos  pelo mesmo apego.
Lutamos para que o passado se tornasse presente e assim, fomos retrocedendo e atingindo cada vez mais, o lado bom  do amor que era o nosso ideal.
Havíamos brigado mas isso foi por tão pouco tempo e parecia uma eternidade. Havíamos brigado mas queríamos que isso jamais acontecesse porque a indiferença nos fazia sofrer intensamente.
Conversamos, pedi perdão, você perdoou e, dentro da ansiedade desejada de reviver aqueles beijos tão ternos e cheios de vida, ele veio...
O beijo!
E  voltou  o  amor  a  habitar  os  cadinhos  de  nosso peito, no  seu devido lugar !


Júlio Sampietro
Enviado por Júlio Sampietro em 20/03/2006
Código do texto: T125846
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júlio Sampietro
Curitiba - Paraná - Brasil, 73 anos
52 textos (8817 leituras)
1 e-livros (86 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:18)
Júlio Sampietro