Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Visão de Aparecida

Aparecida Ribeiro, minha folclórica ex-auxiliar,  sempre me falava que, ao deitar, a Mãezinha do Céu,  vestida de azul e branco,  dela se aproximava e lhe acariciava os  cabelos até que  adormecesse. A Virgem nada dizia, mas o ritual era o mesmo de todos  as noites.
Aparecida morava na Lajinha,   que sempre foi um bairro complicado  de Divinópolis, e hoje  faz parte da rota de drogas via Ribeirão Preto.  Se essa notícia se espalhasse seria o maior auê na região. Aconteceria  um fato semelhante ao   de Fátima.  Seria aquela multidão, não respeitando “quintal” de ninguém e o sossego deles acabaria.  Sempre dei esse conselho para ela. O segredo seria o  melhor caminho.

 Ela sonhava construir uma capelinha no terreiro de sua casa para  benzer as pessoas e daí ganhar um dinheirinho a mais! Tinha uma benzedeira, vizinha sua, que iria ensinar-lhe  as “palavras corretas” para que a benzeção surtisse efeito!






fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 21/03/2006
Código do texto: T126207
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (204284 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:16)
fernanda araujo