Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTA AO PAPAI NOEL (E AOS DESCRENTES)

Meu Caro Papai Noel:

Estou te escrevendo uma carta pela primeira vez na minha vida, quase que forçado – na verdade, por sugestão de alguns amigos que escrevem crônicas e poesias.

O intuito da mesma não é pedir-lhe nada.  Tenho tudo que quero. Bem ! Na verdade me faltam algumas coisinhas, tais como: aquela Ferrari Modena último modelo;  um apartamento de cobertura na Vieira Souto no Rio; aquela moleca da Gisele Bündchen ;  e também, um cargo de Senador no Congresso Nacional.  Mas, como sei que V.Sa. não está dando nem cestas básicas para o pessoal da favela de Heliópolis, aqui em São Paulo,  contento-me com o que tenho (inclusive os cachorros e os gansos aqui no escritório).

O  verdadeiro motivo desta missiva é, contestar veementemente os infiéis e idiotas que insistem em não acreditar na sua existência como Papai Noel. E, mais ainda desbancar aquelas pessoas que não enxergam  todas as benemerências que V.Sa. tem feito para as crianças do mundo e particularmente, para as crianças da África e do Brasil. - os países do terceiro mundo devem muito à sua atuação no campo social.

Como podem, estes céticos - diria até patéticos- duvidarem da existência de um homem de hábitos normais como V.Sa. que reside no Círculo Polar Ártico - onde nem o capeta moraria -  precisamente numa caverna denominada de KORVANTUNTURI - é isso mesmo – não é nome de filme cult iraniano.

Pergunto: o que há de errado ou incomum nisto ? Não tem gente morando até dentro de canais de esgoto na cidade de São Paulo ? Nem por isso pode-se dizer que estas pessoas não existem. Por falar nestas pessoas, eles esperam V.Sa. entrar pela chaminé, no dia do Natal para deixar os  presentinhos. Pode colocá-los na entrada da toquinha das ratazanas, ao pé do fogareiro à lenha - faça de conta que é uma lareira, Papai Noel !

Existem alguns incrédulos que criticam até a sua forma de vestir. Acham-no espalhafatoso. Alguns  até afirmam que V.Sa. não tem estilo, e outros acham-no na verdade, um exibicionista com taras enrustidas. Ora, meu Deus ! desconhecem estes críticos de plantão - Leões Lobos e Nelson’s Rubens da moda-  que a sua roupa original era marrom. Estes incultos nunca leram que em 1881, devido a um acordo comercial para uma campanha publicitária entre V.Sa. e a Coca-Cola (Coca-Cola é isso aí ! – uma merda ), V.Sa. foi obrigado a trocar o marrom pelo vermelho e branco - as cores desta estimulante e saudável bebida para as crianças e adolescentes.  São uns ingratos... mil vezes ingratos !!!

Quem estuda a sua vida com profundidade, sabe perfeitamente que V.Sa. relutou desesperadamente para não usar àquele gorro vermelho ridículo com um pom-pom branco mais imbecil ainda, no topo, principalmente em eventos no sol causticante de Fortaleza ou no mormaço sufocante de Belém e Manaus. Porém, contrato é contrato e sabemos muito bem como os advogados americanos não brincam com o cumprimento dos contratos.

Muitos criticam, porém  poucos sabem das dificuldades que a sua empresa a SANTA CLAUS & CO  teve para se manter de pé por tantos séculos. Nada sabem eles, sobre os diversos processos trabalhistas que V.Sa. enfrentou, com denúncias de exploração de trabalho infantil dos anões, gnomos e duendes que, segundo a justiça, seriam utilizados como mão-de-obra escrava na sua fábrica de brinquedos.

Desconhecem estes ignóbeis,  os atos e protestos encenados pelo Green Peace e pelo WWF que o acusavam de maus tratos e uso desumano das suas renas. Até de abuso sexual contra estes viados finlandeses e de zoofilia o acusaram !  Não fosse o acordo publicitário com a Coca-Cola - www.cocacola.com -  e o apoio financeiro de grandes investidores financeiros  -  está certo que eram da máfia dos brinquedos e produtos eletrônicos da China e de Taiwan -  V.Sa. hoje, poderia ser um Marcos Valério do Pólo Norte e estaria dizimado financeira e moralmente.

Aqui no Brasil então, a situação é mais grave pois a ignorância campeia. Quando as crianças pobres - estes desnutridos e deseducados -  abrem os presentes e lêem as identificações de MADE IN CHINA ou MADE IN KOREA ou mesmo CASAS BAHIA, burramente avaliam que os brinquedos não vieram da sua moderna fábrica na Lapônia.  Santa Claus Ignorância ! Não têm a menor idéia do que sejam as terceirizações e até quarteirizações. É o que dá, V.Sa. trazer presentes para crianças do terceiro mundo  - apesar que  no RJ já não é mais terceiro mundo.  Parece mais o fim do mundo !

O cúmulo da estupidez acontece em Brasília. Em virtude deste seu gosto esdrúxulo em usar a farda de Fidel Castro só que em tecido vermelho púrpura  - imposição da Coca-Cola novamente - o pessoal do “patrulhamento ideológico”  espalhou boatos de que V.Sa. seria um comunista, membro do MST e, pior ainda, um dirigente do PT que controlava soturnamente as ações do Delúbio Soares. E todos nós sabemos como tem sido duro para V.Sa. ser confundido com um petista nestes últimos tempos, não ?

Poderia me alongar por mais dez ou quinze páginas na defesa da sua existência  rebatendo esta idéia maluca de que V.Sa. é uma fraude imposta à sociedade e que seria , na verdade, um elemento pernicioso para a formação da juventude porque induz as pessoas a um consumismo desenfreado e sem critérios. Enfim, que V.Sa. seria um vendedor de quinquilharias com status de lenda. Não me alongarei, pois sei que as pessoas não gostam de ler textos longos.

Quero somente  ratificar o que tenho dito, diuturnamente e de maneira peremptória : PAPAI NÖEL EXISTE SIM. EU ACREDITO !!!
Milhões de brasileiros acreditaram até no LULA. Porque não podem acreditar em PAPAI NÖEL ?

Tem cabimento uma coisa dessas ???


(PUBLICADO NO JORNAL CORREIO DO SUL - Região sul de Minas Gerais)



Dionisio Teles
Enviado por Dionisio Teles em 22/03/2006
Reeditado em 22/03/2006
Código do texto: T126789

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dionisio Teles). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dionisio Teles
Barueri - São Paulo - Brasil, 64 anos
177 textos (43635 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:40)
Dionisio Teles