CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

PEDOFILIA: FOTOS REVELAM A INOCÊNCIA!

Barack Obama e seus colaboradores afirmaram que sem a internet a vitória de sua eleição seria ainda mais difícil do que foi. Na internet podemos ver, comprar, estudar, enfim, já podemos fazer quase tudo; exceto algumas poucas coisas como o cheiro ou sacar dinheiro, todo o resto se não for possível, estará disponível em muito breve.

O conteúdo de 90% dos sites hospedados é mero lixo, não serve para nada, não instrui em nada de útil, mas são justamente estes 90%, a grande maioria, que faz a cabeça de milhares de criminosos, pervertidos, ladrões, corruptos e marginais ficarem horas, dias, meses, enfim, dias e dias na frente de um computador para ver ou divulgar coisas anormais; uma destas aberrações criminosas são FOTOGRAFIAS DE CRIANÇAS NUAS OU FAZENDO SEXO.

Por mais que haja advertência, informação sobre o tema ou tentativa de regulamentação destes conteúdos, mais e mais fotos são postadas em páginas cheias de vírus; mais imbecís pervertidos se submetem a vê-las, duplicá-las e publicá-las com outros domínios; da mesma forma que milhares de meninos e meninas continuam sendo corrompidos, muitas vezes sendo pagos para matarem a fome, servindo de modelos para esta quadrilha internacional.

Eu acabei de receber de uma amiga, um relatório onde são apresentadas inúmeras páginas com domínios internacionais em que aparecem crianças de menos de 10 anos nuas ou fazendo sexo; um escândalo; sinceramente, eu que já vi de tudo nesta vida, confesso que fiquei horrorizado com o conteúdo destas páginas; pensei até em publicar alguns destes endereços aqui, para mostrar aos meus leitores, que de fato isso existe, está aí batendo a nossa porta, mas resolvi não o fazer por medida de segurança; para não espalhar ainda mais estes conteúdos obscenos e criminosos.

Observei algumas destas páginas e o que percebi é que a maioria delas mostra moças jovens, algumas apenas com cara de adolescente, mas a grande parte percebe-se que não chegaram ainda aos 18 anos, todas nuas simulando cenas que povoam as cabeças de quem mantém este tipo de desejo, como em trajes de lingerie, uniformizadas de colegiais, em praias de nudismo e em companhia de pessoas mais velhas, enfim, a grande maioria é composta de garotas apenas nuas, mas pesquisando em sub-temas que se chama de links, observa-se também cenas chocantes que mesmo quem não tem filhos e goza de equilíbrio mental, ficaria horrorizado.

Muitos garotos muito novos, alguns com menos de 12 anos, fazem sexo explícito com homens, mulheres, animais; em outras páginas, mocinhas muito novas fazem sexo explícito com senhores de 60 anos ou mais, dando a impressão que se trate de incesto; uma das cenas mais marcantes desta imundice que está publicada e que tive acesso, foi de um homem beirando os 50 anos fazendo sexo com um garoto de uns 15; a página informa que eles são de origem russa e que se trata de um tio com um sobrinho e que “nojeira” similar a aquela, pode ser vista tranquilamente se o expectador pagar U$ 10,00 para acessar o restante do conteúdo.

Que existe este tipo de imundice virtual, todos nós sabemos; que este lixo obsceno e degradante é parte da vida de muitos canalhas, homens e mulheres, espalhados pelo mundo, inclusive no Brasil, isso também é fato, mas ver tais cenas, até para mim, que repito, já vi de tudo nesta vida, deixou-me desconsertado, triste e de certa forma, ameaçado.

No passado, quando estávamos praticamente nascendo para a internet popular no Brasil, por volta de 1998, eu enviei alguns comunicados à Polícia Federal, ao Governador e ao Chefe da Polícia Civil do Ceará, comunicando sobre a bandalheira que ocorria a céu aberto na Praia de Iracema; meninas muito jovens estavam sendo aliciadas por turistas estrangeiros em duas casas de prostituição (Café Del Mar e Áfricas), disfarçadas de “casa de show”; naquela época, alguns colaboradores da Justiça Federal haviam me alertado sobre o tema; nada ocorreu depois de tais comunicados, o que me faz crer que tal crime deve ser lucrativo para alguém que está no PODER.

O esquema criminoso internacional consistia no aliciamento daquelas jovens cearenses por algo em torno de € 10,00 para elas fazerem sexo e durante o ato, todos eram fotografados e as fotos publicadas em páginas pornográficas da internet; o mesmo estava fazendo com indígenas; os pseudos turistas pagavam para entrar em reservas primitivas e tiravam fotos das índias que não vestem roupas, as associando ao sexo brasileiro; uma vergonha, um despautério generalizado que praticamente havia o aval do Governo.

Afirmo ainda que praticamente o mesmo continua ocorrendo, não só no Ceará, mas em cada cidade brasileira onde haja uma comunidade mais pobre; crianças continuam sendo abusadas sexualmente por pilantras desequilibrados e fotografias destes crimes estão indo parar em páginas da internet e o Governo não tem feito nada, absolutamente NADA para conter este tipo de crime; afirmo isso por convicção e conhecimento.

O Ministério Público de São Paulo conseguiu recente uma grande vitória junto ao gigante Google; pelo acordo judicial celebrado entre as duas partes, o MP poderá intervir sem pedido judicial prévio, em muitos casos de publicação no Orkut, entre estes casos, está o de pedofilia, como afirma o próprio Google na página:  http://help.orkut.com/bin/answer.py?answer=98932&hl=pt-BR.

O mesmo poderia ocorrer se houvesse uma verdadeira cooperação entre os Governos de muitos países, ou ainda, se o Governo do Brasil, tivesse mesmo interesse em acabar com esta farra imbecil, criar um organismo fiscalizador, tipo a ABIN, que baniria os acessos a páginas contendo fotografias de nudez e sexo com crianças, como já fez Cuba e China. O processo pode não parecer simples e eu sei que não é mesmo, mas em se tratando de crianças indefesas, todo esforço no sentido de retirar tais imagens e prender os criminosos ainda seria pouco.

Em algumas nações como Filipinas e Rússia, sabe-se de milhares de casos em que crianças participam deste tipo de publicação sem que os aliciadores sejam punidos; isso se dá porque naqueles países não há uma legislação firme; provavelmente, nas Filipinas e Rússia, suas Constituições são feitas a base de dinheiro e em lugares assim, a CORRUPÇÃO é parte integral da grade do currículo universitário de Direito; uma lástima!

Até quando teremos que enxergar mais e mais fotos de crianças nuas; crianças indefesas que são abusadas sexualmente por parentes, vizinhos, psicopatas e estupradores, vendo estas fotos sendo ridiculamente publicadas em páginas virtuais para deleite de monstros inescrupulosos? Até quando teremos que enxergar, ouvir ou ter ciência de casos similares ao da garota Rachel de Curitiba, violentamente torturada, sexualmente abusada, morta e posta numa mala deixada numa rodoviária, sem podermos fazer nada?


Fica aqui a minha indignação e minha parcela de colaboração com o Bem Estar; fica aqui o meu grito em palavras para o Senador Magno Malta que tanto se esforça em lutar contra este tipo de circunstância, sem receber nenhuma ajuda. Precisamos nos unir contra este tipo de crime; cada pessoa que souber, deverá comunicar a autoridade policial, mesmo que não dê em nada, mesmo que a nossa polícia não tenha o mínimo de preparo para agir numa situação como esta, mas é imprescindível que a sociedade, principalmente os Poderes Constituídos, saibam que existe ainda alguém com interesse em banir de nosso convívio, criminosos e os frutos de seus crimes.

Fica aqui registrado o meu alerta a cada pai (eu também sou pai); cuidem melhor de seus filhos, vigiem seus filhos como se estivesse vigiando suas próprias vidas; observe cada movimento errado próximo de suas casas ou nos computadores que seus filhos utilizam; a maioria das fotos de nudez com crianças dá pra se perceber a “conivência” de muitas delas, ou seja, elas sabem que estão sendo fotografadas e até sorriem para os fotógrafos; muito embora não façam a mínima idéia do que aquelas fotos poderão provocar em suas vidas, elas ainda assim permitem e isso muitas vezes tem a participação direta ou indireta dos pais, que não orientam devidamente seus filhos, ou por medo ou por vergonha.

Podem me chamar de paranóico ou louco, eu não me importo, mas este tipo de mal, creio que jamais verei em minha família; meu filho mais velho (adolescente) já namora e eu jamais permitiria vê-lo na companhia de uma moça com 30 anos mais velha do que ele, achando aquilo normal, lindo e maravilhoso. Devemos assumir sobre nossos atos após a maior idade; enquanto isso não ocorre, é dever dos pais: fiscalizar, orientar e proteger seus filhos, por mais que em alguns casos, eles próprios achem isso um “mico”, mas eu prefiro ouvir “conselho” a ouvir “coitado”.

Por fim, é sempre bom lembrar, que em algumas idades, que vai da pré-adolescência até perto da maior idade, “tudo que reluz é ouro” para estas crianças. É justamente nesta idade que a maioria tem conhecimento de drogas, álcool, tabaco e sexo precoce e se tais coisas fossem benéficas para as crianças, a maioria do mundo não faria tanta propaganda contraria; estudiosos não perderiam seus valiosos tempos para provarem o contrario.

A partir de agora, ao invés de ter a curiosidade de ver estas páginas na internet e difundir seu conteúdo, lembre-se que você poderá se tornando um criminoso e ajudando que mais criminosos cometam mais delitos com uma criança qualquer; lembre-se que nestas páginas poderão estar fotos de seus filhos ou de alguém que você goste muito. Não fique mudo; denuncie!


Carlos Henrique Mascarenhas Pires
SITE DO AUTOR: www.irregular.com.br
Imperador Dom Henrique I
Enviado por Imperador Dom Henrique I em 10/11/2008
Código do texto: T1275528
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.irregular.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Imperador Dom Henrique I
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
755 textos (1271401 leituras)
12 áudios (3281 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/09/14 08:12)