Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INTERNET OU INFERNET


Devido a coisas que acontecem, fica a dúvida, se será Internet, ou Infernet...
Espero que todos tenham um lindo fim de semana...
Até segunda...
Osculos e amplexos,
Marcial

INTERNET OU INFERNET
Marcial Salaverry
 
Esta realmente é uma dúvida que cai como uma luva, quando vemos o uso que algumas figuras fazem do que poderia ser a maior maravilha dos tempos modernos, que veio para agilizar os meios de comunicação, para facilitar a vida de muita gente que precisa fazer pesquisas, que quer ampliar seus conhecimentos, que quer travar amizades, que quer conversar, que quer escrever, divulgar seus escritos.
Pessoas que simplesmente gostariam que a Internet, fosse mesmo a Internet, e não essa Infernet em que muitos a querem transformar, e que paulatinamente estão conseguindo.
A Internet é Internet, quando usamos apenas seu lado bom, que é a fantástica facilidade para nos comunicarmos com o mundo todo, interagindo com pessoas de todos os continentes numa fração de segundos. Quando fazemos nossas pesquisas para resolver problemas, para fazer consultas sobre toda e qualquer coisa que estivermos buscando. Quando podemos usar o conforto de fazer compras virtuais. Quando, enfim, podemos fazer coisas que complementem nossos conhecimentos, que nos auxiliem em nossos estudos.
A Internet bem usada, é, sem favor algum a mais sensacional maravilha dos tempos modernos.
Contudo, ela vira Infernet, quando temos que tomar mil e um cuidados para, ao menos, tentar evitar que vírus enviados por mentes doentias contaminem o PC, inutilizando arquivos, muitas vezes destruindo um trabalho colecionado por muitos anos.
Ou então quando temos que constantemente parar nosso trabalho, quando acabamos descobrindo que algum “espião” penetrou em nossos arquivos, e começa a causar problemas.
Ou então, e esse é um dos casos mais graves, quando invadem contas bancárias, roubando as economias de quem inadvertidamente fez alguma compra pela Infernet, e digitou sua senha quando estava sendo invadido.
Ou então quando encontramos pessoas que apenas procuram criar confusão, provocando situações polemicas, querendo discutir, pretensamente para defender um ponto de vista seu, esquecendo que do outro lado, tem alguém que pensa de uma maneira diferente. E se queremos que nossa maneira de pensar seja respeitada, temos que respeitar o pensamento alheio.
Também encontramos aquele alguém que não está de acordo com algo que foi escrito, ou que não gosta de quem escreveu algum texto qualquer e, ao invés de simplesmente deletar o que não lhe agrada, começa a atacar o autor, esquecendo-se de que existe gosto para tudo. E o que não nos agrada, certamente agradará a muitas outras pessoas. E mesmo que ninguém aprecie este ou aquele autor, ele tem todo o direito de usar seu espaço e publicar seus escritos. Quem não gosta, basta deletar o texto em questão, sem tentar deletar o autor...
E ainda tem lugar para quem se diverte apagando nome de autores de textos  e de formatações.
Alguns destes, simplesmente apagam e passam pra frente como Autor Desconhecido. Outros porém, gostam de colocar seus nomes, como se fossem autores do texto.
Possivelmente não fazem por mal, pois nada ganham com isso. Mas, se gostam de algum texto que lêem, porque tirar o nome do autor ao fazer o repasse? Gostaria que apenas um me dissesse qual o prazer que sentem apagando o nome do autor...
Bem crianças, vamos exercitar a imaginação tentando visualizar que delícia que seria a Internet, sem essa tal de Infernet que está infernizando a vida de todos...
E nessa tentativa, podemos ter UM LINDO DIA.
 
 
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 24/03/2006
Código do texto: T127636
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19843 textos (1961518 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:42)
Marcial Salaverry