Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VÍDEO DE ESTUPRO DA GAROTA DE JOAÇABA - SANTA CATARINA

Vi agora a pouco a notícia de uma garota de 15 anos, pertencente à classe média catarinense, moradora da cidade de Joaçaba, que havia participado de uma “festinha” “Rave” na cada de um amigo, em companhia de outras 17 pessoas. Durante a orgia jovem a base de muita música (o que é normalíssimo), rolou álcool em excesso (quem disse isso foi o Delegado) e ainda investigam o uso de drogas no recinto (também quem disse isso foi o delegado e a imprensa). Daquela festinha, havia vários menores de idade e a garota em questão, bêbada; foi ao banheiro vomitar, quando foi atacada por um menor e dois AMIGOS maiores, todos “amiguinhos” dela e parceiros da mesma festa; que a estupraram, filmaram e colocaram o vídeo na internet.

 

Comentar o caso de estupro, nem vale a pena; o estupro é um dos crimes mais severos que alguém pode cometer; é uma das situações mais humilhantes que uma moça ou mulher pode passar e deve ser combatido com rigor máximo, ponto final! O estupro é uma ação abominável, aliás, não só o estupro; devo citar também o ATENTADO VIOLENTO AO PUDOR, que só incorre em homens.

 

Mas e o caso desta moça? A garotinha, nem tanto assim, estava numa festinha pra lá de suspeita e ela sabia disso, esse é meu ponto de vista; se eu não quero me envolver com drogas, jamais ficarei procurando o que fazer numa boca de fumo; se eu não quero comer, jamais passo enfrente a restaurantes e por fim, se eu não quero transar, porque ficarei indo ao prostíbulo?

 

Esta garotinha de 15 anos foi sim estuprada, não resta à menor dúvida, mas ela bem que procurou provocar, indiretamente, os rapazes criminosos, o que NÃO TIRA A RESPONSABILIDADE, muito menos o real dolo; se vocês observarem o vídeo na íntegra e não o que veiculou, verão que ela estava provocativa antes de entrar no sanitário onde ocorreu o CRIME VIOLENTO; bêbada e dando bola literalmente; os criminosos AGIRAM DE MODO COVARDE, mas o grau do dolo só poderá ser determinado após os exames toxicológicos; se eles (todos) estiveram sob efeitos de psicotrópicos ou entorpecentes, uma boa defesa os colocaria fora da cadeia; infelizmente, esta é a realidade.

 

Esta ninfeta “patricinha” estava procurando fogo num paiol abarrotado de pólvora e conseguiu; conseguiu também levar a vergonha para sua família e uma baita dor de cabeça para si mesma. Não sou a palmatória do mundo, mas se esta moça estivesse em casa, fazendo o trabalho da escola, provavelmente não teria passado por isso. 15 anos, desacompanhada, numa casa que segundo a imprensa, pertence a um amigo cujo os pais estavam VIAJANDO, rolando álcool e muita provocação anterior; por mais que achem ácido e descabido, esta é uma situação atípica para uma comemoração saudável.

 

Esta é a juventude, drogada, viciada, pervertida e inútil que hoje diz ser o futuro do Brasil, cito-os em referência aos criminosos; um bando de ignorantes analfabetos que só pensam com suas genitálias. Podem perguntar aos 17 jovens envolvidos naquela orgia, quem é o Vice-Presidente do Brasil? Pergunte, qual é a Capital do Acre? Duvido que estes asnos saibam! E o pior é que aqui mesmo na internet, existem outros TANTOS ASNOS ANALFABETOS que os defendem ou que QUEREM COLOCAR A CULPA NO GOVERNO; provavelmente, até Obama será culpado, mas na verdade, a CULPA É EXCLUSIVAMENTE DOS PAIS; pais que já não possuem controle algum sobre estas almas desertas.

 

NÃO QUERO transformar em discurso moralista ou que os pais devem trancafiar seus filhos sem dar-lhes a oportunidade de conhecer a vida; eu mesmo aprontei muito quando era adolescente; bebi, fumei cigarro, namorei a torto e a direito com minhas amigas e colegas, mas jamais me envolvi num escândalo sexual; jamais obriguei alguém a fazer sexo comigo; jamais me vi em saia justa por alguma situação criminosa e mesmo assim, curti muito, viajei o Brasil e o mundo e o melhor de tudo, creio que adquiri cultura diferenciada.

 

Quando eu escrevi aqui sobre o caso Eloá, depois sobre a Naiara, a Barbie Sexy e a Isabela Nardoni, muitos destes mesmos asnos analfabetos, com certidões de nascimento, quiseram afirmar que eu sou ácido, estúpido e insensível, mas será mesmo que minhas palavras transmitem isso, ou será que os pais estão perdendo o controle sob seus filhos? Será mesmo que tais palavras são grosseiras, ou será que a sociedade sempre busca um culpado para sua própria estupidez? Tem gente que lê com os mesmo órgãos com os quais os criminosos desta garota de Santa Catarina utilizaram no estupro! Infelizmente!

 

Repito; o ato em si é estúpido e animalesco, merecedor de PUNIÇÃO SEVERA para os agressores, mas se observarmos com lentes clínicas e com a razão, há também culpa nestas supostas vítimas; os jovens embarcam em loucuras cada vez mais imbecis e JAMAIS MEDEM QUALQUER CONSEQÜÊNCIA do que tais atos podem provocar; os jovens estão cada vez menos educados, cada vez menos gentis, cada vez mais agressivos e cada vez mais sem controle, sem limites.

 

A jovem em questão, sendo ou não culpada, isso não é um problema meu, ficará choque com a divulgação e conotação nacional de seu vídeo e do ato em que foi abusada, humilhada, diminuída e prostrada; as cenas, não as do vídeo, com certeza marcarão sua vida a partir de agora e por ser de classe mais privilegiada, deverá passar por seções de tratamento psiquiátrico, mas devemos pensar também nos outros monstros que atacam as garotas a força no restante do Brasil, muitas vezes, monstros com título de pai, padrasto, tio, etc; devemos refletir sobre as garotas de 8 anos que no Nordeste, como eu já cansei de citar, são aliciadas na frente das autoridades sem que ninguém divulgue nada que contrarie tais barbáries.

 

Informou à imprensa que os jovens criminosos são ricos; ricos ou não, cadeia para eles é o mínimo; deveriam ser mostrados em rede nacional para que as pessoas saibam QUEM SÃO OS ESTUPRADORES e que eles pudessem ter o mínimo da sensação que hoje a garota o está.

 

Pensem bem nisso e reflitam!

 

 

Carlos Henrique Mascarenhas Pires

Meu site: www.irregular.com.br

Imperador Dom Henrique I
Enviado por Imperador Dom Henrique I em 13/11/2008
Reeditado em 07/05/2009
Código do texto: T1281587
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.irregular.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Imperador Dom Henrique I
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
759 textos (1278190 leituras)
12 áudios (3286 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/10/14 15:30)
Imperador Dom Henrique I



Rádio Poética