Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Muro


O Muro

O muro é uma criação milenar do homem e muito importante, tem 1002 utilidades, uma a mais do que o bombril. Seus usuários são bastante ecléticos e pertencem a diversas camadas sociais.
Os usuários mais assíduos desses paredões são os políticos que costumam ficar em cima do muro quando há dúvida sobre o lado que lhe oferecerá mais vantagens ao descer. Atualmente os parlamentares do Congresso Brasileiro usam-no para ficar em cima ou atrás, para se esconder dos eleitores em votações secretas no julgamento dos seus pares em processos sobre a falta de ética e decoro parlamentar.
Alguns ditadores do tipo Fidel Castro também os usam para encostar seus adversários políticos e fuzilá-los. Os bêbados e os moradores de rua usam para fazer suas necessidades fisiológicas, inclusive vomitar. Os tarados e outros criminosos usam para atocaiar suas vítimas. Alguns maridos pulam o muro para ir ao encontro de aventuras amorosas extraconjugais, normalmente as altas horas da noite para que ninguém os surpreenda e quebre o seu sigilo conjugal. Os cães usam para fazer xixi ao pé do muro e os gatos atacam as lagartixas que sobem o muro a procura de insetos. Os muros servem ainda para os pichadores escreverem suas mensagens, (para não dizer suas bobagens), servem para não deixar ver o que está do outro lado e também para alguém subir no muro para ver o que está do outro lado.
Tem até a estória da mulher muito gostosona que provocava assobios e juntava homens sobre o muro para vê-la de tanguinha na piscina, por isso o seu marido derrubou o muro para evitar os escândalos provocados pelos curiosos indiscretos. Sem o muro o escândalo aumentou, formavam-se verdadeiras platéias, com apostas para ver quem acertava a marca da lingerie do dia usada pela madame, se De Millus, Valisere, Triumph, Hope, Marcyn, ou  outras confecções quaisquer de fundo quintal.
Há muros para todos os gostos e propósitos. Há muros famosos, históricos, como a muralha da China, construída pelo Imperador Shi Huangdi, no século III antes da era cristã, o muro de Berlim, era o muro da vergonha, (já foi derrubado), muro das lamentações, local sagrado de Jerusalém onde os judeus choram a destruição do segundo templo do qual resta apenas uma parede, muros que já foram famosos e hoje só restam vestígios, como os muros de Siena, na Itália. Tem até um muro muito polêmico, que ainda não terminaram de construir que vai servir para separar os eternos brigões: palestinos e judeus. Existe até muros de arrimo.
Tem ainda os que servem para os curiosos que olham por cima do muro para ver a mulher do vizinho estendendo a roupa no varal, só de calcinha e as vezes sem ela e sem sutiã. Quando são percebidos levam um tremendo esculacho, mas não se emendam, não perdem o vicio, no dia seguinte voltam a fazer a mesma coisa. (Esta última sena eu já presenciei com um parente meu no Rio de Janeiro, - que cara-de-pau - isto foi há trinta anos).
 O muro evoluiu tanta através dos tempos que deixou de ser uma construção, hoje é uma instituição.
Eu apenas disse.
                                                                                                                                 
                                                                                                                 Eu,ala

                                                                                     
                                                                                     
 
 


     
Euala
Enviado por Euala em 25/03/2006
Código do texto: T128267
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Euala
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
42 textos (3009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:33)