Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sobrevivi mais este dia...até amanhã! (ao Maurélio)

Sobrevivi mais este dia...até amanhã!
Maurélio amiguinho querido,

Acho que este dia se excedeu em fatalidades desastrosas, porque não dizer azarão do brabo!
Espiaste um gato preto capado, fedido e sarnento, passaste debaixo da escada capenga com lata de tinta escorrendo na tua cabeça, visitaste aquele amigo-empada vampiro do teu bom humor, sentaste justamente no único banco que tinha fresca, saíste de branco e a chuva despencou, aquele cheque programado não foi depositado e o especial expirou... aiaiai meu pobre amigo Maurélio! Sinto te dizer que és o culpado, porque não ficaste dormindo naquele friozinho gostoso e inocente?
Ciático gritando, banho quente demais, box porcaria bom de mira ( teu pé), teu pé, perfeito nó cego em futebol (defesa),abrindo guarda ao ataque do box fajuto. Ainda causaste a demissão da empregada, que, logicamente ninguém merece fazer hora-extra (não remunerada) no meio de tantos cacos. Mesa farta com dente quebrado, maldito dentista que só fez te levar o dinheiro... e o apetite- economia forçada!
Ainda se atreveu a fumar? e empestear o universo com teus bacilos nicotinados. Corajoso e inconseqüente, nem pensaste, que com tanta sorte te rondando,  poderias ter incendiado à casa?
Ufa! Uma coisa funcionou: o computador, mal e porcamente, mas funcionou, graças a Deus,  para sair esta crônica deliciosa que eu AMEI, e até pensei que era verdade todo este azarão!Até os poetas mortos te fizeram deboche.
Conclusão, amigo Maurélio: és um cara de uma sorte invejável. Veja:há flores no teu jardim e apesar de acolheres um felino canibal, não contraíste a raiva...e nenhum pombo te cagou na cabeça, por enquanto!
Hihihihi... amei esse “Que dia...até amanhã!” que te imploro, fica mais um pouco, vai, espera a desinteria do passarinho... Adoro me divertir com infortúnio alheio, evidente. HIHIHI risadas muito estridentes, ouves daí?

Maurélio, agora, falando mais seriamente: porfavor,faça um seriado de crônicas! Ibope plenamente garantido!

Beijos sortudos, espero
Inês

 


Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 29/03/2006
Código do texto: T130239
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:11)
Inês Marucci