Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por que isto acontece ?



Lembro-me de que o ano era 1.992 e só me lembro bem do ano, por que este fato acontecera uns poucos dias antes do “impeachment” do ex-presidente Collor. Acordara cedo naquele dia e ao sair-me de casa para o trabalho, deparo-me com uma moça que pretendia falar com minha esposa. Como já encontrava-me do lado de fora e tinha trancado o portão, voltei e destrancando-o, avisei minha companheira de que tinha alguém querendo falar com ela. Não sei se por intuição ou por outro motivo qualquer, que até hoje não encontro explicação plausível para o fato, disse à minha esposa, meu bem, coloque o aparelho de som na área e ponha àquela mensagem para essa moça ouvir. Dizendo isso, fui trabalhar, crente que aquela moça fosse amiga de minha esposa, justamente por ela ter pronunciado o nome correto de minha esposa. Fui ao serviço e já quase nem me lembrava mais do ocorrido na manhã.

De volta para o almoço, ao adentrar em minha residência, minha esposa, que já me aguardava na entrada, foi logo dizendo:
---  Por que você me pedira para colocar a mensagem para à moça?
---  Sinceramente, não me recordo de haver lhe dito isto, mas vamos aos fatos...
---  Pois é, você falou-me com todas as letras: “Ponha aquela mensagem para essa moça ouvir !” E foi trabalhar.
---  E ai, o que aconteceu ?
---  Aconteceu que você ao dizer aquilo, acertou bem no centro da mosca.
---  Como assim ?
--- Quando você saiu, aquela moça já entrara em casa em prantos, afirmando-me que se encontrava desesperada e tinha que falar conosco. Achei tudo aquilo muito estranho, embora me recordava de que ela morava nas imediações e que eu a tinha cumprimentado mais ou menos umas 3 vezes na vida. Enfim, não sabia quem ela era e nem quem seriam seus pais.  Meio que sem entender o que estava se passando, lembrei de suas ultimas palavras ao sair para trabalho, e acabei por convida-la para sentar-se e ouvir a mensagem, “EU TE COMPREENDO”, que você adquirira na Ordem Rosa Cruz.

“Enquanto ela ia ouvindo a mensagem eu ia preparando o café para servi-la com uns biscoitos que fizera no dia anterior. De longe eu reparava a reação da moça que estava tão atenta na mensagem que não me respondera quando lhe perguntara se ela tomava café com adoçante ou com açúcar. Durante todo o desenrolar da mensagem vi que as lágrimas rolavam em profusão de sua face. Ao término da mensagem, ela, já com outro ânimo, dissera, eu sabia que precisava vir na casa de vocês. Naquela madrugada sonhara com vocês e uma voz misteriosa me mandava procurá-los, que iria encontrar solução para os meus tormentos. Dizendo isso, abriu sua bolsa e retirando um revólver dissera-me: Pelo o amor de Deus ! Peça ao seu marido para entregá-lo ao meu pai . Que Deus ilumine à todos desta casa, pois vocês foram os instrumentos para a  minha salvação. Pretendia suicidar-me. Obrigado de coração!”

Em razão desse episódio, no decorrer desses 14 anos, já distribui gratuitamente em várias cidades, mais de umas 500 fitas cassetes para as pessoas com a mensagem, “EU TE COMPREENDO”. É pena que minha esposa , Maria Aparecida Simino Silva, que era quem me ajudava nesse mister, partiu desse mundo no ano de 1.998, deixando-me incapacitado para prosseguir na duplicação dessa mensagem. Mas de qualquer maneira, recomendo aqui à todos aqueles que nunca tiveram oportunidade de ouvir referida mensagem, que o façam adquirindo o CD, EU TE COMPREENDO,  no site: www.shopping.matrix.com.br/amorc , que tenho certeza, jamais se arrependerão.





Amarú Inti Levoselo
Enviado por Amarú Inti Levoselo em 08/04/2006
Reeditado em 08/04/2006
Código do texto: T135597

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Amarú Inti Levoselo
Goiânia - Goiás - Brasil, 74 anos
91 textos (14586 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:43)
Amarú Inti Levoselo