Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canastra com morto ou sem...

Aprendi com meus pais a jogar canastra, meu pai, um virginiano "calculista"
daqueles que sabem todas as cartas que todo mundo tem, e quem levou o que.
Minha mãe, chamávamos de "lixeira" brincávamos, meus irmãos e eu, que ela não teria dedos suficientes para segurar tantas cartas, quem estava depois dela na rodada, não conseguia pegar a mesa pois ela tudo ajuntava e articulava montes  de frentes de jogos.
Bem, sabendo disso, vocês podem imaginar que eu quase nunca tive oportunidade de ganhar alguma partida deles, mas me esmerava para isso. E com o inocente jogo de  cartas em família aprendi muito.
Hoje na vida, a exemplo do jogo de canastra, quando vejo que o jogo está perdido, já nem "cato" mais nada da mesa, e acabo entregando o jogo.
Cumprimento o adversário, como fazia com meus pais, admito minha inabilidade mas sempre volto a jogar, sou da opinião que só tentando e tentando sempre melhorar é que nos esmeramos para "jogar " melhor.
"Naquele momento" a partida está perdida, e o jogo termina.
 .... a não ser que eu pegue o "morto"
- Cest la vie - pocker eu não jogo não !

Kate Weiss
Enviado por Kate Weiss em 16/04/2006
Reeditado em 16/04/2006
Código do texto: T140221
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Kate Weiss
Caxias do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil
1240 textos (464559 leituras)
49 áudios (17375 audições)
167 e-livros (427582 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:54)
Kate Weiss

Site do Escritor