Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESCONVERSANDO COM CERTO ALGUÉM

Marrakesh é distante, quase utópico, Mahabarata é hindu assim como o Tao, Oriente.
Oriente-se: onde estaria eu se não fosse em função de ser feliz e viver bem?
Maktub é palavra-chave. Quer dizer “assim seja”
Alguns estão fora da ordem na nova ordem mundial – já disse alguém na Bahia - e não se pode ficar fora. Fora de quê?
Vivo em meio à margem da margem, miragem no epicentro da criação.
Se criar é matar a morte, todo poeta passa-se por imortal. Poetas trabalham o ócio e trabalham bastante! Transformam tristeza em alegria, melancolia em ritmo.
Duro esse ofício da escrita!
Escrevo porque gosto. Palavras me guiam a qualquer lugar e qualquer um é distante o suficiente para que eu não perca meu destino de vista.
Toda letra há de ter uma música à altura, toda certeza precede um ato falho. A própria frase não deixa de sê-lo, como licença poética.
Prefiro minhas dúvidas – elas conduzem ao conhecimento.
Depois a gente conversa.


Wallace Puosso

LEIA MAIS SOBRE O AUTOR:
http://celebreiros.zip.net
Wallace Puosso
Enviado por Wallace Puosso em 17/04/2006
Reeditado em 13/04/2009
Código do texto: T140685

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wallace Puosso
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
42 textos (1362 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:28)
Wallace Puosso