Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESPLUGADO

OS CANIBAIS CONTEMPORÂNEOS / verdadeiros devoradores de inteligência (?) / utilizam-se de controles remotos / para serem apreciados / degustados, digeridos garganta abaixo
A música é póstuma à palavra falada / a música
O prazer da fêmea é biológico & esparso / infinita sensação / de choque & irradiação
O medo guia o mundo rumo ao desconhecido
Minha geração cresceu espremida / entre fardas & o nada / parecido com nada
Antes, com a ditadura  / sabia-se quem era o inimigo /  (o alvo de todo o ódio) / hoje, sabe-se que o inimigo continua ali / forte & poderoso como sempre / com a única diferença que agora
não se sabe bem quem ele é
Sem chance
Fantasias masculinas / são como colchas de retalhos
Notórios são os barões da arte / os sapos gordos que controlam a cultura pop / desde os últimos suspiros / de uma tradição européia / esfacelada pelo poder americano
O cinema europeu / ainda é o melhor cinema do mundo / ainda
Todo mito é flexionado / pela cultura das mais diferentes civilizações
Quero estender-me póstumo através da obra / a obra
Ficar para sempre através da morte / a morte
(o homem deveria andar sobre quatro patas: seria mais fácil manter o equilíbrio)


Wallace Puosso

LEIA MAIS SOBRE O AUTOR:
http://celebreiros.zip.net
Wallace Puosso
Enviado por Wallace Puosso em 17/04/2006
Reeditado em 13/04/2009
Código do texto: T140688

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wallace Puosso
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
42 textos (1362 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:28)
Wallace Puosso