Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viagem de um homem só


Novamente na estrada, por caminhos desconhecidos em sua vida errante. Acostumara-se a um destino incerto e a ter que partir sem olhar para trás. A falta não o impedia de prosseguir, mas a cada viagem sentia o peso das suas renúncias. Ser livre era sua missão e para isso apegar-se era um risco constante, cada vez que descobria novos rostos e sensações familiares.

Quando sentia que seu coração ameaçava ter o controle de tudo, partia em busca de algo que nunca o aprisionasse. E bem sabia o quanto um coração pode encarcerar vidas em vidas sem rumos, sem destinos certos. Preferia a solidão desértica de seus medos a ter que dividí-los com quem o dominasse com uma aparente paz.

Partiu novamente, para um lugar mais seguro, longe do cotidiano, alheio a própria dor e a vontade de ficar, de acostumar com a paisagem, de ter um dia comum. Homem que segue só, no peso de suas lembranças.
Cláudia Sabadini
Enviado por Cláudia Sabadini em 21/04/2006
Reeditado em 22/04/2006
Código do texto: T143057
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Sabadini
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
280 textos (29920 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:48)
Cláudia Sabadini