Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por que escrevo?

Sempre me perguntam, porque escrevo. Em momentos assim, os olhares acariciam-se em palavras que não se sabem expressar. O pulsar rítmico do coração ensaia respostas que traduzam o que desejam minhas letras, quando se permitem alçar vôo em busca do horizonte de outro olhar.

Quando o poeta espalma suas mãos, libertando-se em versos, não apenas alinha letras, mas afaga corações. O escritor "usa" a palavra como instrumento de sedução. Falo da sedução no sentido mais amplo que ela possa ter, que é o de encantar, atrair. O escritor vive do olhar do outro, da multiplicação da própria emoção naquele que o contempla.

Penso que a escrita é também uma resposta ao desconhecido íntimo que nos habita a alma e o coração. Escrevemos para manifestarmos o que nos punge e nos incita, assim como para darmos forma ao mundo silencioso que há no dentro de nós.

Percebo o momento da escrita como um ato de profunda solidão, mas também compreendo-o como  libertação e inquietação. Libertação, porque nos confere o poder e a opção de expressarmos e/ou compartilharmos nossas emoções, mistérios e silêncios. Inquietação, porque a palavra na maior parte do tempo, revela-se aquém do que sentimos, desejamos, sonhamos ou vivemos. Daí, a busca incessante do escritor: garimpar no veio das letras, palavras que escrevam o além que a inspiração lhe confidencia. Quando a palavra abraça a inspiração do escritor, estabelece-se um diálogo de sussurros entre muitos mundos, como se cada letra, tocasse não apenas o grafite, onde a emoção se deixou espraiar, mas a alma de cada sílaba, onde pulsa o coração do universo.

Quando a palavra deixa o leito das mãos, percorre horizontes inimagináveis. O destino, o porto, o pouso, quem o saberá?

Fernanda Guimarães
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 22/04/2006
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T143208
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (64381 leituras)
9 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:15)
Fernanda Guimarães