Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O barquinho



Manhã atarefada, mil coisas a resolver, ela chega na avenida da praia, para cumprir mil tarefas, mas o seu olhar vai à procura do mar. Então resolve dar uma pausa no cotidiano e ver bem de perto aquela imensidão. Seu olhar vaga no horizonte, e lá longe um barquinho desliza suavemente pelas águas e ela fica pensando no deslizar dos dias e  noites, na solidão de seu quarto, sem o companheiro de tantos anos. Tudo foi tão rápido, aconteceu de repente, sem que se dessem conta, as palavras foram saltando da boca e ambos chegaram à conclusão de que o amor havia desvanecido, e que tudo havia perdido o sentido.
Lágrimas escorreram pelo rosto e ela procurou avidamente um lenço na bolsa e não encontrou...seu olhar vago pousou num homem que vinha vindo de olhar cabisbaixo, andar vagaroso, quase tropeçando nos próprios pés e ela pensou:
- Este homem também deve estar tão amargurado quanto eu, deve ter seus próprios problemas mal resolvidos, enfim viver às vezes vai se tornando tão complicado, e os dias vão se arrastanto incontáveis, duros, implacáveis em meio ao cotidiano.
O homem havia passado por ela e percebendo o rosto molhado, tirou da bermuda um lenço. Aproximou-se dela e ofereceu num gesto de simpatia. Ela não esperava isto e sorriu aceitando o lenço e agradecendo.
Um vendedor de mate gelado observando a cena sorriu e acenou de longe e pra quebrar o momento ele perguntou a ela: - Voce aceita um mate gelado além do lenço?
Ela respondeu: - Claro que aceito e ambos se encaminharam para o carrinho.
As lágrimas sumiram do rosto dela e quem observou de longe percebeu que o andar dele se aprumou,
quem sabe uma nova esperança, um reflorescer do amor.
O barquinho havia sumido do horizonte há algum tempo
e ela nem se deu conta disso.

Santos, SP
26/04/06    
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 26/04/2006
Código do texto: T145919
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158365 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:05)
Guida Linhares

Site do Escritor