Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CURA REPENTINA

Antigamente, no interior do nosso Estado, havia uma moça muito bonita, mas nunca arrumava namorado.
Certa vez apareceu por aquelas bandas um rapaz, que se apaixonou, perdidamente, pela donzela.
A mãe, muito preocupada, conversou com o pretendente:
-A minha filha é doentinha, sabe?
-Não tem problema, dona. Eu a curo.
E eles se casaram.
Na manhã seguinte, a jovem confessou:
-Meu bem, minha doença é esta aqui, olha.
Subindo em cima da cama, a recém-casada ficou de cócoras e fez cocô.
-Que coincidência, meu amor! Eu também sofro desta doença!
Seu esposo fez o mesmo e ela teve que lavar toda a roupa de cama.
No outro dia, de manhãzinha, seu marido lhe disse:
-Querida, estou começando a passar mal. Vou subir em cima da nossa cama e...
-Não! Não! Por favor, eu já sarei!





Anna Célia
Enviado por Anna Célia em 30/04/2006
Código do texto: T148022

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anna Célia Dias Curtinhas _ http://annacelia.multiply.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Célia
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 70 anos
1158 textos (55245 leituras)
1 e-livros (216 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:16)
Anna Célia