Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viagem a Portugal - IV

FÁTIMA

A parte mais emocionante da viagem ainda estava por vir e eu aguardava esse momento com muito carinho no coração. Era a visita à Fátima que aconteceu no dia 3 de julho.  Através de caminhos bucólicos, fugindo das auto-pistas,  chegamos à abençoada cidade mariana. Quando avistei a torre da igreja, com uma coroa toda reluzente em sua torre, foi a hora só de agradecimentos. Quantos anos esperei por aquele momento! Visitamos as casas onde moravam os  três pastorzinhos,  os locais das aparições do anjo.   Onde ocorreram as visitas mensais de Nossa Senhora  eu me demorei mais. São missas e terços o dia todo! É gente do mundo inteiro  ali rezando as mesmas orações. Há  um respeito muito grande, muita concentração e lágrimas de contentamento!

Onde a Virgem  Maria aparecia, construiu-se uma capelinha, porque a azinheira foi destruída. Ao lado está intata, enorme a outra azinheira onde ficavam, na sombra, as três crianças à espera de Maria.
Visitamos os túmulos de Francisco e Jacinta, dentro da Igreja.  À noite, participei de uma enorme procissão, durante a qual o terço foi rezado em várias línguas. Rezei, chorei e minha alma lavei!
Pernoitamos em Fátima e, no dia seguinte, seguimos para Coimbra.

De passagem visitamos o Mosteiro de Batalha, cuja construção  levou três séculos. Sua beleza é estonteante!  Em Batalha estão os restos mortais de Dom João I e Dª Filipa.

COIMBRA

Foi outra emoção conhecer a velha Coimbra (04/07). Fomos ao Convento Santa Teresa, onde morava  a vidente Lúcia. Para ela deixei uma carta, pedindo oração por todos nós brasileiros. Conhecemos também a famosa Universidade onde muitos brasileiros fizeram o Curso de Direito. À tarde,  comemos  uma pizza que nos  serviu  um garçom baiano, o Gil.  Coimbra é linda com aqueles sobrados antigos!


VIANA DO CASTELO

Dia 5 estava chuvoso e a cidade do Porto estava em reforma. O barro, os engarrafamentos fizeram-nos desistir, com o maior pesar, de  ali permanecer. Seguimos em frente para Viana do Castelo, bem no norte de Portugal. Conhecemos a Igreja de Santa Luzia, onde subimos ao Zimbório para admirar a paisagem. A neblina nos impediu um pouco de ver toda a beleza do lugar. Restou-nos uma dorzinha nas pernas pelos 150 degraus pequenos e difíceis para chegar até à torre.
(continua)
fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 01/05/2006
Reeditado em 01/05/2006
Código do texto: T148377
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (204252 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:17)
fernanda araujo