Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viagem a Portugal - Final

SANTIAGO DE COMPOSTELA
De Viana do Castelo  até Santiago de Compostela, na Espanha, são poucas horas de viagem.  Rodrigo mostrou-nos o mapa, dizendo que estávamos bem próximos de Santiago que  para mim era um sonho – bem longe por sinal, mas que eu realmente queria realizar. Este passeio não estava no roteiro, apesar do sonho, mas a oportunidade  estava ali. E fomos. Eu não acreditava. E quando chegamos em frente à Catedral (maravilhosa!), tantos peregrinos ali na praça, uns vindo de bicicleta, outros a pé, deu  um nó na garganta. Eu tive que  enxergar também com as mãos, batendo no portal  da entrada. É indescritível a beleza dessa igreja. Eu ficava pasma, olhando tudo e no final minhas preces de agradecimento. Apesar de ter ido de carro, minha gratidão foi imensa. Teria muita vontade de fazer o percurso como peregrina, mas  é muito remota  essa probabilidade.

Por volta do ano 813 foi descoberto o túmulo de Tiago, pelo camponês Pelayo, guiado por uma estrela que indicava o local do sepultamento. Esse lugar passou a se chamar: Campus Stellae, Campo das Estrelas, Compostela  e depois Santiago de Compostela. Foi construída  no local uma pequena capela de madeira, depois uma de pedra  que foi sendo modificada  e aumentada  várias vezes. Em 997, o templo foi  incendiado pelos muçulmanos . Desta vez. o rei Afonso III ergueu um novo templo , muito maior que a capela de pedras. Santiago de Compostela consolidou-se, assim, como um dos três centros de peregrinação cristã na Europa, juntamente com Jerusalém e Roma. A Catedral de Compostela passou, durante os  séculos, por  várias ampliações e hoje é uma  maravilhosa obra arquitetônica.

GUIMARÃES

Por outro caminho, voltamos para Portugal e depois de uma passada rápida em Braga (espera-me que eu voltarei aí com mais calma), pernoitamos em Guimarães. Visitamos mais castelos e depois seguimos para Évora pela via Serra da Estrela.

SERRA DA ESTRELA

Linda Serra. Eu tive medo e fiquei um pouco tensa naquelas altas montanhas, porque, em certos trechos, a estrada é muito perigosa. Mas valeu a pena conhecê-la. Na época do inverno, ela cobre-se de  neve e é usada para esquiar.
                              ***

Mais alguns dias com Teresa em Évora. Visitei a Capela dos Ossos.  Fotografias tirei do Templo de Diana. Filmei  e admirei o que pude!  Andei, várias vezes em volta das muralhas. Uma tarde fomos jantar na casa de Paulão e Catarina, pais do Pedro (a criança linda!). Não me esqueço do saboroso bacalhau assado feito pelo Paulão! E, depois de tantas emoções vividas e sentidas, chegou a hora da volta ao Brasil (12/07/2001). Abraços apertados aos amigos com a promessa da volta. Lágrimas foram derramadas. A saudade de casa já apertava. Foi um passeio só com alegrias e sem nenhum problema. Nem o jet lag nos incomodou. Fiz esse relato com emoção, chegando a umedecer  meus olhos com as lágrimas da saudade.
Considero esta viagem a mais emocionante de toda minha vida! Aos Céus, meus  agradecimentos!
Portugal, me espere que, em breve, estarei voltando! Beijinhos!


fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 01/05/2006
Código do texto: T148441
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (204226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:45)
fernanda araujo