Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Inesperado

05/09/01
O INESPERADO

Hoje, Amapola completa 18 anos. Está eufórica, não sabe por onde começar a comemoração do aniversário: se recebia os comprimentos dos familiares ou ficava vistoriando os comes e bebes e a organização da festa. Encontrou um envelope junto com um pacote pequeno, em algum lugar da sala. Logo imaginou que fosse alguma surpresa dos pais. Pensou até que fosse alguma chave de automóvel, pois, a idade pedia, já que completava 18 anos. Abriu. O pacote continha foto sua com lembretes: “Não esqueça de mim”, “Não fuja de mim”, “Te amo desesperadamente” e “Volte para mim”. O estranho é que não tinha nenhuma identificação do admirador secreto. E o outro pacote era um CD contendo a sua música favorita “O Telefone Chora”. Não sabia o que pensar. Não me lembrava de ninguém.
Desde esse dia, a jovem ficou ocupada em descobrir o autor do presente. Até chegou a sonhar, mas a imagem era incógnita. Acordava sem nenhum sucesso em descobrir o amante. Resolveu contratar um detetive, porém, só com os dados que tinha era quase impossível desvendar o mistério, mesmo assim topou a missão. Nem ele conseguiu achar o desaparecido e abandonou o caso. Também ela desistiu, como o autor do presente não tinha se identificado, sinal de que não queria ser identificado mesmo. Continuou levando a sua vida como qualquer jovem de sua idade, carreira profissional e diversão. Um dia, entrou numa casa do vizinho para pedir algum favor, tomou o maior susto, a parede só tinha fotos suas em todas as fases de sua vida, incluindo a que tinha recebido no dia do seu aniversário. O vizinho entrou, ficou pálido, sem coragem de explicar as fotografias.
Resolveu vencer a sua timidez, falou que desde o tempo da 5ª série, era apaixonado por ela e não tinha coragem de se declarar. Ficou a fotografando sempre e cada vez aumentava a paixão. Foi quando teve a idéia de mandar a melhor foto com a música favorita dela. Só aumentava esse amor e sua preocupação era não ser correspondido, o que não aconteceu. Casaram, tiveram filhos e foram muito felizes para sempre.
                                   Adriana Quezado
ADRIANA QUEZADO
Enviado por ADRIANA QUEZADO em 02/05/2006
Reeditado em 16/07/2008
Código do texto: T148860
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ADRIANA QUEZADO
Fortaleza - Ceará - Brasil
202 textos (13850 leituras)
1 e-livros (79 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:13)
ADRIANA QUEZADO