Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem canta a Madre encanta...

Ana Carolina, minha nora, é uma super-mãe, para quem eu tiro o chapéu! Atenta,  nos mínimos detalhes, em tudo que diz respeito ao Thales, seu filho. Uma educação esmerada, no seu sentido mais amplo e abrangente, é o que ela lhe proporciona.
Quando Thales  estava com nove anos e freqüentava a quarta série, ela o liberou que fosse sozinho para a escola, o Colégio São José e São Geraldo,  que dista alguns quarteirões de sua casa.  Com o  celular  na pasta, Thales tem como avisar  qualquer mudança de horário ou de trajeto  e  ela pode trabalhar tranqüila. É melhor prevenir, todos nós sabemos do velho ditado. E de mais a mais, Divinópolis é uma cidade grande, onde tem acontecido horrores, quanto a assaltos, seqüestros, acidentes...
A cidade do Divino já teve seus dias de tranqüilidade para as famílias.
Um dia, o relógio já marcara  cinco horas  e Ana Carolina já estava  preparada para ter seu filho de volta da escola.  Mas os minutos iam passando e nada. Ela já nem atendia mais aos seus clientes com atenção. Mil pensamentos negativos sopitavam em sua cabeça. Pediu a um funcionário seu  que tomasse conta da loja  e correu pelas ruas na esperança  de encontrar com o menino. De quarteirão em quarteirão, ela chegou na Escola com o coração a mil!. Entrou apavorada e  vai pelos corredores já quase gritando pelo seu filho:
-  Onde está o Thales? Pergunta a uma  funcionária que vem ao seu encontro.  Eu quase enlouqueço, quando ele atrasa. O que aconteceu?  Cadê ele?
- Ana Carolina, acalme-se. A turma do Thales está cantando  para homenagear a Madre Ana Fernandes, Superiora da Congregação, respondeu a moça..
Num segundo, Carolina já estava na sala, onde ela viu, toda sorridente a Madre Ana Fernandes, ouvindo e se deleitando com aquelas lindas vozes infantis que lhe prestavam homenagem:
“Amigos para siempre
es lo que yo quisiera ser …“
Thales, ao ver a mãe na porta, até errou a música. Ele bem que tentara avisá-la, mas o celular acabou a bateria bem na hora.
O coração da extremosa mãe  foi-se acalmando e ela compreendeu que uma situação inusitada sempre pode acontecer. E respirou aliviada, vendo seu rebento lindo, cantando em espanhol(!) para a autoridade máxima  da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade.


fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 03/05/2006
Código do texto: T149430
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (204343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:12)
fernanda araujo