Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
UMA SOCIEDADE SECRETA

Ainda considerando que se trata de um assunto visto como tabu, todos sabem, ou pelo menos desconfiam, que existem inúmeras Sociedades Secretas espalhadas pelo mundo.

Algumas delas se auto-denominam Fraternidades, outras, simplesmente Sociedades e, em alguns casos, também são conhecidas como Ordens Iniciáticas.

Elas podem desenvolver suas atividades religiosas ou esotéricas agindo fechadas - em total anonimato - ou, como ocorre na maior parte das vezes, apenas envolvidas por um diáfano véu que lhes confere uma aura de relativo segredo e mistério.

Para as pessoas mais simples, o nível de conhecimento a respeito dessas sociedades geralmente não vai além da idéia genérica de que: “se uma sociedade é secreta deve ter algo a ocultar e, portanto, não deve ser boa, pois se fosse, não precisaria esconder-se”.

Há uma certa razão nesse raciocínio, mesmo que superficial, pois é claro que há inúmeras instituições esparsas pelo mundo praticando o mal, da mesma forma como existem pessoas, individualmente, vivendo quase que exclusivamente à custa dos prejuízos causados aos seus semelhantes.

Não é, obviamente, desse tipo de pessoas ou sociedades de que trata este livro. Elas não mereceriam que se escrevesse uma única linha sobre elas a não ser para as denunciar.

Entretanto, nunca devemos assumir o papel de juiz ou de algoz de quem quer que seja, porque as pessoas, com o tempo, podem arrepender-se de seus atos e mudar o seu modo de ser (pelo menos é o que delas se espera), por isso, apesar de tudo, sempre merecem uma nova oportunidade.

Resta-nos, neste contexto, fazer a nossa parte e esperar que um dia cada uma dessas pessoas se conscientize do sofrimento que provoca, e possa, arrependida, voltar as costas para o lado ruim da vida, enfrentando, valorosamente, as conseqüências dos seus atos.

Nesta obra são abordados outros tipos de sociedade, as Sociedades do Bem, se é assim que as podemos chamar.

Trata-se de Ordens Secretas provenientes de remota antigüidade, que não estão necessariamente ligadas a uma religião específica, mas a um conhecimento ancestral universal.

De origem muitas vezes desconhecida, elas geralmente são anteriores ao próprio cristianismo, embora pelo advento desse significativo acontecimento da história tenham solidificado o seu objetivo de promover a evolução do gênero humano procurando elevá-lo, na medida do possível, até à própria perfeição.

Neste relato, adaptado em forma de conto, o autor revela o impacto causado a pessoas comuns, que, de repente, viram-se envolvidas em situações e mistérios difíceis de entender a não ser para um Iniciado.

Em suas páginas é oferecida a chave para abrir a porta de uma dessas Sociedades, para que o leitor possa desmistificar os objetivos que realmente as motivam, escolhendo a sua opção de acelerar ou não o seu desenvolvimento pessoal.

A leitura é leve e agradável, mesmo sendo utilizadas, em algumas passagens, citações e símbolos herméticos que fazem parte da própria Tradição Oculta.

Os relatos nem sempre parecerão muito óbvios e algumas vezes os verdadeiros significados estarão relativamente dissimulados no contexto da narrativa, mas sempre despertarão o interesse do leitor perspicaz.

É através dessas Sociedades, e da assimilação de um conhecimento milenar, que as pessoas podem ter a possibilidade de dar um sentido mais elevado às suas vidas.

Alertamos, também, que o significado do termo cristão, neste livro, possui um sentido mais abrangente do que aquele normalmente encontrado nos dicionários.

Essa palavra, aqui, por falta de outra mais completa, refere-se exatamente a uma Religião Transcendental, Univer-sal e Única, que prega a paz e o amor acima de qualquer ponto de vista ou tendência particular, seja ela Oriental ou Ocidental.

Em algumas passagens, o que pode ser considerado como uma realidade perfeitamente possível e o que parece apenas orbitar no campo da pura ficção se entrelaçarão tanto, que provavelmente será difícil para o leitor discernir onde termina uma e onde começa a outra.

Tenha presente, entretanto, o caro amigo que privilegia esta obra com a sua atenção, que a estória possui um fun-damento totalmente plausível, e que as bordas desta sua realidade se estendem sobre a ficção como as vagas do mar que alcançam as praias se espalham pela areia, indo e vindo até muito mais perto dos nossos pés do que talvez cada um possa imaginar.

Com isso queremos dizer que: fatos semelhantes a estes acontecem freqüentemente, sem o sabermos, com pessoas muito próximas de nós, cuja vida erroneamente acreditamos conhecer bem, e que, depois, nos surpreendem pelo pouco que nos deixavam perceber das dúvidas que muitas vezes agitavam a sua alma!

No lugar delas, quais seriam as nossas opções?

(Extraido de Uma Sociedade Secreta - O Enigma das Figuras Vivas - Preâmbulo - obra lançada na Bienal do Livro de 2006 - de J.Maelick)
J Maelick
Enviado por J Maelick em 04/05/2006
Reeditado em 22/07/2006
Código do texto: T150204
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J Maelick
Guarulhos - São Paulo - Brasil
24 textos (6019 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:22)
J Maelick