Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Tatu

                                                 
 Os filhos do seu Dionísio sempre ouviram falar que tatu vivia no cemitério e que comia os defuntos.
Um dia...
-  Madalena, olha que tatuzão que o compadre Coimbra me deu!
-  Ótimo Dionísio! Vou fazê-lo, ainda hoje, para o almoço!
Madalena limpou o tatu, temperou-o e o assou dentro da sua própria casca, com as perninhas para cima.
Quando os meninos chegaram do grupo escolar Machado de Assis...
-    A sua bênção, mamãe.
-    Deus os abençoe.
-   Mãe, o que é isto? Que bicho é este? Cruz credo!!!
-    É um tatu que o seu pai ganhou, Milinha.
-    Ta - tu!!!  Huummm!.. Eu não como!
- Eu também não!
- E nem eu! Deus me livre!
- Eca! Que nojo!
- Coitadinho dele, mãe!
-    Vocês tratem de comer porque tatu é bom e também, porque só tem isto.
-    Mãe, não quero comer esse bicho. Frita um ôvo pra mim?
-    Não tem mais, Heloísa. Fiz um bolo e gastei os últimos.
  No dia seguinte...
-    A sua benção, mãe. O que tem hoje para o almoço?
-    Deus lhe abençoe, Paulo. Hoje tem tatu.
-    Ah não! Esse bicho outra vez!? De novo? Eu não como!
Era um ensopado, muito gostoso, que a mãe tinha feito com o resto do
tatu assado, do dia anterior.
No terceiro dia...
-    Mãe, não me diga que tem tatu de novo, pelo amor de Deus!
-    Hoje fiz o que vocês adoram, Lena.
-    A senhora fez pastel, mãezinha? Ôba! Vou tirar a barriga da miséria!
-   Puxa, que gulodice, Célia! Nossa! Só deixaram isso para mim e para seu pai!?
-    É que estava uma delícia!
- É mesmo! Estava muito bom!
- Pô, mãe! Hoje a senhora estraçalhou!
- Nem tanto, meu filho.
-   O recheio era de que, mamãe? – perguntaram juntos.
-    De tatu desfiado, crianças. Não disse que comer tatu é bom?
-    Argh!..
- Eca!..
- Huuuummmm!
- Ai que nojo!
- Onde é que eu cuspo?!..
                   
                                  Anna Célia Dias Curtinhas








Anna Célia
Enviado por Anna Célia em 06/05/2005
Código do texto: T15047

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anna Célia Dias Curtinhas _ http://annacelia.multiply.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Célia
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 70 anos
1158 textos (55245 leituras)
1 e-livros (216 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:18)
Anna Célia