Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TONI BLAIR FALA COM DEUS

Sim, gente, foi que eu ouvi no Jornal Hoje. Eu estava almoçando e foi terrível... Agora, 13 horas e 21 minutos tenho que fazer um chá de Figatil, um santo remédio que germina espontaneamente nos terrenos e matas da nossa região,  para poder ir trabalhar.
Há muito que um amigo me alertava de que um Deus morto vem sendo usado há muito tempo por uma minoria da humanidade para enganar a maioria dela.
Sabe quando a gente não quer ver alguma coisa e fica entulhando a mente com um monte de bobagens e meias verdades fazendo-a girar sempre no mesmo ponto? Desde que abri o primeiro livro de História e passei a estudar a humanidade e suas lideranças, vi tantos crimes, tantas barbáries, tanto horror e morte sob a batuta de tantos e tão diferentes líderes e só não quis ver um ponto comum entre eles servindo de mote para tanger a massa de comandados até o matadouro... Tantas vezes não quis ver isso, até por conveniência ou acomodação,  mas hoje o Blair foi a gota d’água no meu pote até aqui de água e ele vazou: a Rede Globo tem uma correspondente na Inglaterra cujo  nome agora me foge, uma graça de mulher, toda fina e extremamente bem educada, quem tem um jeito todo peculiar de falar, lembram do Paulo Francis, um estilo marcante, assim é ela e foi a voz dela que eu ouvi... Logo pensei: a Rainha deu um peido... Mas desta vez não. Era o aniversário do Toni, ou algo assim, e ela se desdobrava em tecer comentários sobre a vida política do “Lula” inglês, amiguinho do George... E, lá pelas tantas ela revelou que ele disse que “sempre falava com Deus” antes de mandar os seus soldados para as batalhas...
- Batata! É o Deus que o meu amigo falou... Só pode ser ele, pro Blair falar com ele, só pode ser ele. Aí está a prova cabal caindo com toda a força sobre a trave dos meus olhos...
Imediatamente lembrei-me de alguns casos mais comuns e até recentes da nossa História: Hitler e Churchil... Há filmes históricos mostrando as tropas, de ambos os lados, recebendo a benção de um mesmo Deus antes de irem para os campos de batalha. “Ele” salva a Rainha na Inglaterra enquanto os protestantes e os católicos se trucidam por "Ele" mais ao norte; chancela as verdinhas na América, em nome de quem nasce tanto horror sobre a Terra.  Sob o julgamento desse Deus cerca de seis milhões de mulheres foram classificadas como “Bruxas”, perderam todos os seus bens e família e depois foram para a fogueira, segundo consta, até preparar um simples chá de ervas, no tempo que não tínhamos o Melhoral ou o remédio para vermes, as qualificava para a fogueira...
Pois é, Bruxas de um lado e bucho de homem-bomba do outro e “Ele” muda de nome: Sunita mata Xiita que mata Curdo e, todos unidos matam os infiéis...
Não tenho mais dúvida: é ele! O Deus que ouve político ou líder religioso desses que estão por aí e se empresta as suas vontades, só pode ser o tal Deus que não existe...
-Meu Deus! Agora que eu me dei conta da besteira que eu falei: eu disse que faria um chá de Figatil lá no começo do texto... E se o Bento voltar atrás... Serei classificado como Bruxo e fritarei numa fogueira? O que me tranqüiliza um pouco é o fato de não possuir nenhum bem que valha a pena ser confiscado...
P.S. Duas “coisitas” mais, uma para observar e ver no que vai dar e a outra para nos regozijarmos: 1-Será que o Morales vai alegar a inspiração desse Deus e vai cita-lo na nova constituição da Bolívia? 2- Imaginemos a cara do Garotinho se ele for até o fim e passar para o outro lado: - Senhor? – Senhor? Onde estás que não me escuta?...
Chico Steffanello
Enviado por Chico Steffanello em 04/05/2006
Código do texto: T150517

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chico Steffanello
Sinop - Mato Grosso - Brasil, 58 anos
246 textos (31009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:48)
Chico Steffanello