Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um dia...

Imagens na janela do metrô, dia de chuva, um rosto, uma imaginação, capazes de expressar a verdadeira solidão paulistana, a necessidade de um carinho, de acreditar em algo, de fugir dessa fúria de conquista financeira e lembrar ao menos um pouco da palavra amor, extinta ou vendida para as marcas de outdoor ali na avenida.

Algo me sufoca, a pressão do dia, a exigência de passar por cima de tudo o que achávamos correto em troca de um troco, me recuso, continuo lutando contra um sistema defeituoso, contaminado por um vírus mundial e o pior, ainda estou na estação república.

As conversas ao lado são de indignação, pessoas querendo fugir de sua responsabilidade, de seu país, antecipam-se à exploração em troca de nada, salvo os que buscam cultura e voltam para aplicar, exonerando aos poucos a falta de bom senso que eu espero um dia, não nos leve à dependência dentro de nossa própria casa.

Outra conversa, quase me deixa louco, discussão sobre um personagem de Tv, nada produtiva, a outra rebate, sugerindo algo cultural, isto é ótimo ouvir, pessoas finalmente tomando atitudes, cansado deste dia me vejo finalmente feliz...Estação Liberdade

Bruno Fernando
Enviado por Bruno Fernando em 05/05/2006
Código do texto: T150792
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fernando Llafer). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Fernando
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
67 textos (2801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:29)
Bruno Fernando