Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

João BRASILEIRO

Hoje me aconteceu algo que mexeu com a minha emoção e abalou um pouco minha tola crença de que todos são como eu.
Estava eu saindo da academia, exaurida por mais uma aula de body combat, quando fui chamada por uma pessoa que aqui chamarei de João.
Conheço-o há anos, porque fazemos o mesmo trajeto, diariamente. Eu, na caminhada pós-academia e ele na faxina da rua. Sim, João é varredor de ruas.
Nesses anos todos em que nos conhecemos, descobri além do nome, um pouco da sua história de vida.
Ele é viúvo e cria sozinho duas crianças, desde que perdeu a esposa vitima de câncer. Apesar disso, é uma pessoa alegre e bem humorada, sempre com um sorriso nos lábios.
Pois bem, a amizade prosseguiu, e eu havia lhe prometido chocolates para as crianças;
Ontem entreguei-lhe um bonito embrulho com os tais chocolates decorados, que ele agradeceu todo feliz, com o clássico “Deus lhe pague” das pessoas simples e carinhosas.
E hoje, quando eu saia da aula, ele aproximou-se e agradeceu-me efusivamente, relatando os comentários das crianças. Eu fiquei contente e agradeci a gentileza.
O que não percebi de imediato foi o motivo do evidente mal estar que tomou conta de algumas alunas. Com um olhar entre a reprovação e o desdém, cada uma seguiu para seu carro.
No caminho, fiquei pensando naquele olhar, e me deu vontade de chorar. De pena! Do João??? Claro que não!
Delas!!! Como um ser humano pode ser assim?
Por que, me digam, sentem-se assim tão superiores ao João-varredor-de ruas?
Porque estudaram, tem carro, usam roupas caras?
Porque seus filhos estudam em escolas pagas, e jamais
varrerão ruas? É isso???
Fiquei decepcionada com a mediocridade de algumas pessoas, que se julgam superiores, e pior: "Esperam que nós também nos sintamos!"
Amigos, sem falsa demagogia (mesmo porque não sou candidata a nada rss)
Mais vale um João varredor de ruas, que muitas pessoas que conheci nessa vida!!!
Que mentem, roubam e matam, usando roupas de grife, e perfume importado.
Eu é que não vou deixar jamais de sorrir e distribuir meu "Bom Dia" a quem quiser receber!


*Ai, desabafei! rss sinto-me bem melhor e mais feliz do que nunca de ser como sou! Com todos os meus defeitos e virtudes,
apenas um ser humano...





                        
Carinhosa
Enviado por Carinhosa em 11/05/2006
Reeditado em 27/05/2013
Código do texto: T154313
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carinhosa
Curitiba - Paraná - Brasil
657 textos (164698 leituras)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:16)
Carinhosa