Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                             GRANJA DO TORTO

Crescimento econômico menor que a Índia Chile e Costa Rica; IDH inferior a países como Uruguai, Costa Rica, Chile, Cuba e México; escola pública de péssima qualidade, com professores ganhando salários de fome; sistema de saúde pública falido, com as pessoas morrendo nas intermináveis filas dos hospitais; política desumana de previdência social, onde o segurado que contribuiu por anos e anos é obrigado a dormir nas calçadas das agências do INSS em busca de um atendimento, na maioria das vezes famintos, no frio e na chuva, parecendo cachorros sem dono. Violência crescendo de forma assustadora em razão do desemprego e nenhum investimento na área social, salvo as esmolas eleitoreiras do Bolsa Família, Bolsa Escola, Peti e outros paliativos que só servem para aumentar a dependência e cada vez mais fomentar os bolsões de miséria; estradas em péssimo estado; concentração de renda absurda, que cada vez mais empobrece quem ainda tem alguma coisa; atividade informal crescendo descontroladamente; carga tributária abusiva sobre as empresas e a sociedade; taxas públicas aumentando criminosamente; a empresa nacional sendo sucateada; os grandes produtores sem conseguirem preços competitivos no mercado externo em razão de política cambial vulnerável que mantém o real super valorizado; o pequeno produtor rural sem nenhum apoio creditício ou assistência técnica; o MST afrontando a ordem e as instituições democráticas; muitos brasileiros tendo que recorrer aos lixões para conseguir alguma coisa para comer e escândalos na administração do País aparecendo a cada dia e sem nenhuma punição. Esse é o retrato do Brasil que ora vivemos.
Diante desse quadro, não conseguimos entender porque o governo federal gasta tanto e tão mal. É impossível aceitar que o governo Lula tenha gasto em 2004 R$ 867,1 milhões em publicidade, sendo R$ 335 milhões pagos a família Marinho, ou seja, a Rede Globo de Televisão. Qual o benefício que essas propagandas, muita vezes enganosas, trazem para sociedade?
Como é possível se conceber, que num País onde muitos de seus filhos disputam o lixo com os urubus e com os ratos para não morrerem de fome, um presidente possa viver em tamanha mordomia, chegando ao ponto de mandar construir um campo de futebol e um ginásio esportivo com salas de fisioterapia em seu palácio. Aliás, raros presidentes moram em dois palácios. Será que nosso presidente não acha que é absurdo comprar roupões de banho, confeccionados com fios de algodão egípcio, custando R$ 152.637 aos cofres públicos, enquanto muitos brasileiros não têm um lençol para se proteger do frio? Ou mesmo comprar um equipamento de mergulho, com dinheiro da Nação, por R$ 38.160,00. Não podendo esquecer uma pequena feira que foi feita para a família presidencial através do processo de licitação nº. 00140.000226/2003-67, para consumo em 3 meses, onde consta, entre outras coisas: 07 toneladas de açúcar; 2,5 toneladas de arroz; 400 latas de azeitona; 600 quilos de bombons; 800 latas de castanhas de caju; 900 latas de leite condensado; 2.000 vidros de pimenta; 2.500 rolos de papel alumínio; 400 vidros de vinagre; 460 pacotes de sal grosso e 6.000 barras de chocolate.
Será concebível que enquanto uma fatia do povo brasileiro não tem dinheiro para pagar uma passagem de ônibus, o presidente se dê ao luxo de comprar um avião para passear com seus amigos e familiares?
Será que nosso presidente estava em sã consciência quando gastou dez bilhões de dólares, para um sem-terra pegar carona na nave russa para plantar um pé de feijão no espaço, tendo o Brasil um campo tão fértil?
Impossível também é compreender que um presidente que sempre pregou o socialismo e que mora em dois palácios, cujas despesas são pagas pelo povo e estão orçadas em nada mais nada menos que 140 milhões de reais, mantenha ainda uma granja para seu lazer, promover festas e receber convidados. Granja essa que só na ampliação da churrasqueira gastou R$ 92.127,00 e tem um orçamento anual, independente das despesas extras, de 10 milhões e 400 mil reais. Será que quando o “camarada” chega a tão relevante posto, ele ainda não tem dinheiro para comprar uma granja para brincar com seus amigos?
Será que nosso presidente mora mesmo no Brasil?

Lima
limavitoria
Enviado por limavitoria em 17/05/2006
Reeditado em 27/07/2006
Código do texto: T157523
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
limavitoria
Vitória de Santo Antão - Pernambuco - Brasil, 66 anos
70 textos (12448 leituras)
10 áudios (244 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:21)
limavitoria