Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adeus

Viviam juntos, embora separados por quinze anos de diferenças. Movidos por um compadecimento de quem só tem quem dividiu sonhos e expectativas, procrastinavam a decisão, o abandono de seus ideais de vida mútua. Conseqüência de anos de silêncio na mesma cama, contrariando o amor, desafiando a felicidade.

Lá estavam eles. Olhos baixos e culposos. A palavra não pronunciada que anos depois mudaria tudo. Seres confusos, perdidos em seus próprios sentimentos. Seqüência de erros que despercebidamente sufocaram a importância do que um dia foi planejado com amor. Não, não eram mentirosos. Eram atores que representavam o casal moderno, que entra e sai de uma relação de cabeça erguida, convencidos da experiência adquirida. Ignoravam o desejo de dizer tudo e acabar de vez com aquela farsa, e juntos recordarem as juras de amor eterno nos tempos de namoro. Mas ambos se distanciavam à medida que a dúvida crescia. Era mais fácil dizer adeus.

Sequer se olhavam para não correrem o risco de por tudo a perder. Mas tudo o que? Quem sabe a ausência, o silêncio impróprio, a rejeição e o medo da entrega. E, num instante de distração, poderiam se tocar... e reacender um amor ferido, mas ainda assim capaz de perdoar e reviver.

No íntimo, tentavam controlar a explosão de sentidos, para que não percebessem a agonia que é desprender-se de alguém. Renunciar às suspeitas, à proteção, ao cuidado. Dali em diante, acostumar-se-iam a viver uma vida consigo mesmos e com o que chamavam de aprendizado de vida à dois.

“Adeus”, diziam em pensamento, aguardando que o outro tomasse a iniciativa de ir embora.
Cláudia Sabadini
Enviado por Cláudia Sabadini em 20/05/2006
Código do texto: T159796
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Sabadini
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil
280 textos (29918 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:13)
Cláudia Sabadini