Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Primeira Mestra

De uniforme, com meus materiais escolares dentro de uma pasta de madeira verde, feita por meu pai, cheguei no Grupo Escolar Dª Antônia Valadares. Cada professora foi  fazendo a  leitura de sua lista. Depois todas as crianças acompanhavam sua professora para a sala de aula. Como eu era novatinha, aguardava com expectativa  conhecer minha primeira mestra. Dª Albertina deu-nos as boas vindas e se apresentou como a professora de primeira série. Dia após dia,  nos cativou pela sua bondade, paciência e dedicação.  Sempre passava em revista nosso material escolar para ver se estava tudo em ordem. Os cadernos eram encapados com papel impermeável verde. Olhava o capricho e fingia de brava, quando via algum caderno com “orelha”!
Logo chegou o dia  da  primeira cartilha que  se chamava "O Livro de Lili".
Esta era a primeira lição:

Olhem para mim.
Eu me chamo Lili.
Eu comi muito doce.
Vocês gostam de doce?
Eu gosto tanto de doce!

Através de uma historinha é que era feita a aprendizagem  para os novatinhos. As crianças aprendiam através de palavras inteiras, pois somente palavras inteiras fazem sentido. Quando a turma era formada por repetentes, usava-se a silabação.
Minha alegria de ser aluna de Dª Albertina durou pouco, porque como eu já sabia ler e escrever fui transferida para uma sala de repetentes. Lá eu tive colegas difíceis, não tinha a história da Lili  que eu tanto gostava! E fiquei longe de minha professora  tão querida. Mas ela, tão sábia mestra, soube muito  bem compensar esta minha tristeza. Sempre me envia mensagens lindas em época de Natal, de Páscoa, de aniversário...
Ela continua sendo  uma professora fora de série!

(Enviei-lhe a historinha e recebi este mimo de resposta: "Fernanda, sinto-me feliz demais por você não se esquecer de detalhes de  quando foi minha aluna. Em igual quantidade eu me sufoco de saudades daquele tempo em que eu me sentia professora e mãe de cada aluno. As suas palavras tocam no  fundo do meu coração. Abraços de sua ex-professora Albertina Pereira da Sé"

fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 27/05/2006
Código do texto: T164266
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (204243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:43)
fernanda araujo