Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HÁ ALGO DE ERRADO NOS NOSSOS VALORES COMPORTAMENTAIS?

Por acaso vocês se deram conta da virada do século? Da globalização? Da Internet ligando o mundo e os fatos em segundos?
 
Explique então o porquê o assunto sexo ainda faz tremer as suas pernas, o porquê de você fugir do assunto!

Ou você ainda não encontrou o prazer do sexo, ou nunca sentiu um orgasmo? Talvez seja por esse motivo que as drogas andam tão em alta. O animal homem precisa dos elementos químicos que o medo, a alegria, o tesão fazem correr em suas veias, renovando suas emoções. Se não for pelo prazer de uma boa comida ou de uma companhia, ele sairá em busca desses componentes em drogas químicas que geram, estas sim, o caos da sociedade.

Não. A proposta não é que voltemos a Sodoma e Gomorra, mas que também não fiquemos estagnados aos 10 mandamentos que precisavam conter o ímpeto de um povo sofrido que almejava a felicidade... Aquela mesma vista na antiga cidade destruída pelas cinzas.

A ciência evolui, o mundo cresceu, as verdades que motivavam aqueles dias não são as nossas verdades. Hoje temos o anticoncepcional, não mais seremos obrigadas a gerar filhos indesejados. Podemos optar entre uma laqueadura das trompas, assim como o homem pela vasectomia. Sexo pelo sexo? Não! Sexo pelo prazer que ele proporciona... Por nos fazer sentir vivos!

Se somos animais (só duvido que sejamos racionais) e se a monogamia é raridade entre eles, porque nós devemos ser? Por preconceitos religiosos? Posse regida pela sociedade diante de um casamento? Comodismo? Ou medo de ser feliz?

O casamento é uma instituição a ser preservada, concordo. Como uma empresa que tem seu organograma e objetivos e devem ser seguidos. Mas ninguém trabalha 24 horas por dia!
Traição? Santa inocência Batman...rs

O fato de estar casado (ninguém é casado) nos torna um monte de robôs domesticáveis, apáticos para toda e qualquer função orgânica, mais estimulante?

Ou isso é somente aplicável à parte feminina da “instituição”?
 
Através da história da evolução do homem (e não se pode esquecer que essa história, em sua maioria, foi escrita por homens) sempre foi dado o direito a eles de terem várias mulheres.
 
Salomão tinha 700 esposas e mais de 300 concubinas (na certa escravas que não conheceram a felicidade de um orgasmo).

Será que isso já não faz cair por terra o sexto mandamento?

Ah... O amor! Provavelmente estão pensando que esqueci esse tão “doce” sentimento. Mas nenhuma lei, regra, manual ou qualquer nome que se dê, do mundo, diz que amamos somente o que temos! E vou mais além... Eu não preciso “amar” no sentido amplo da palavra, para me sentir atraída por alguém! Isso mesmo...ALGUÉM, porque não seria hipócrita o bastante para não admitir a atração entre pessoas do mesmo sexo.

Se pegarmos os tratados de ciência, veremos que somente uma espécie no mundo animal foi capaz de uma total fidelidade de parceiros. É o exemplar do parasita de peixe Diplozoon paradoxum: ele encontra uma larva virgem e se funde a ela.
Fala sério! Você se imagina “fundido” a alguém? Preso, até que a morte do outro mate você?

Claro que nós mulheres somos bem mais seletivas. Mas isso é uma característica de critérios biológicos. O que não dá o direito de só o homem procurar o prazer do sexo.

Ainda me assusta a visão de que, quando a mulher procura um parceiro sexual mais adequado à sua volúpia, ela seja taxada de “prostituta”, ninfomaníaca ou que lhe sejam atribuídos alguns desvios sexuais.

Quando o homem (e aqui me refiro à espécie humana) aprender a cuidar mais do seu “rabo” do que com o do vizinho, a respeitar a individualidade e os bens de cada um, conservar a vida em todos os sentidos, ai sim poderemos falar que somos uma espécie evoluída.

Santo André, 27.07.05 – 17:07 h

Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 30/05/2006
Código do texto: T165951

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89716 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:27)
Enloucrescida