Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Empatar jamais!

Empatar jamais!



 
 
Se muitos homens defendem que amor se sente por uma, e uma saidinha com aquela outra "não tem nada a ver", não caracteriza traição, afinal não existe envolvimento e sexo definitivamente não conta, então vamos lá, refletir sobre isto. rs
Na cabeça de uma mulher traída, rola cenas e cenas, como o carinho do beijo que deveria ser dela mas ele deu pra outra, as mãos e hálito quentes e o sussurro do ouvido, que sempre esteve presente na vida dela-por ele, do contato, da troca de fluídos, do momento do gozo e o olhar terno depois...O sorriso compartilhado tomando café, as besteiras faladas na cama....Imaginamos tudo;
É...mulher se martiriza demais com a traição do parceiro. Fora que ser feito de bobo, ser enganado, nunca foi algo que nenhum de nós se orgulhasse de colocar no  currículo.
É mais que corpo, é quebrar o cristal da confiança, da história que você acredita, e como diria sabiamente o povo lá de Minas:"Confiança era uma égua velha do meu pai, ela morreu, acabou a confiança!
Se um homem só falta morrer e pedir auxílio ao exército nacional como caso de vida ou morte, importância de estado quando pega uma gripe, imagina a cena junto comigo: Voce mocinha linda, sai com aquela saia justinha dizendo que precisa ir mais cedo pra casa porque tem uma prova importante no dia seguinte, sua mãe não passa muito bem, tá com  dor no dedinho, precisa desembaraçar os pêlos do tapete da sala, soluço de filho, seu cachorro tá com depressão,
a desculpa esfarrapada  fica por sua conta, e diante da cara de "não acredito" dele, voce mostra sua melhor cara de "samambaia"   estilo:
  "Eu que não  tô te  entendendo",
 pega a deixa e de quebra ainda faz aquela cena enormeeeee que todo mundo conhece intitulado: "Voce não me compreende".
Vai embora pisando duro com seus saltinhos, balançando o cabelo e deixa o pobre mortal se sentindo mal pra chuchu se questionando se não pegou pesado com voce, afinal, ele sabe o quanto  ama seu dog.
Aí a mocinha toda prosa vai pra balada, dar muito beijo na boca quem sabe algo mais,sem levar sanduíche pra festa é claro, afinal, amor-amor, sexo, diversão e passatempo  á parte. Não é tão importante não é mesmo?
Não representa nada...
O que a moçoila não contava era ter um amigo dele na balada que ia "bater um fio" pro seu namorado entregando toda a brincadeira.
Agora vamos as possibilidades.
Opção a) _Vc   jura que tudo é mentira e gente invejosa  querem  estragar
 "o nosso amor".
Opção b) _Vc  chora e diz que é verdade, se joga no chão, pede perdão, jura amor eterno e vide: Único!
 Ressalta que era só uma "cervejinha inocente" e estava só de passagem.
Opção c) _Solta aquele famoso chavão de quem tá perdido, foi pego com a boca na botija mas não tem  argumento: "VC ESTÁ LOUCO!!!"
Agora me digam  com honestidade, como ficaria este homem vivendo a mesmíssima situação que sempre  estão estrelando?
 Te  acusariam de libertina, moça de prazeres fáceis,distribuidora de leite e cia,
peixinha carnívora, mas com outras palavras...
Não é que o rapaz ficou ofendidíssimo?
Ora, mas se uma escapadinha não conta e não tem nada a ver, qual o problema aqui então?
O problema amigas leitoras, é o mesmo de primórdios:
Pimenta nos olhos dos outros, até hoje, continua sendo refresco! e neste  jogo, parece que tá tudo bem  enquanto  tá 1x0,
 porque empatar,
jamais!


maio/2006
nandaevc
Enviado por nandaevc em 03/06/2006
Código do texto: T168594

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (nandaevc www.nandaevc.blig.ig.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
nandaevc
São Paulo - São Paulo - Brasil, 41 anos
77 textos (2910 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:50)
nandaevc