Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que eu quero dizer

17/03/06
O que eu quero dizer


Às vezes, tenho mil coisas a dizer. Por vezes, não encontro palavras para expressar o sentimento. A sensação é a de que em determinados momentos, sinto-me livre para manifestar minhas emoções. Já em outras circunstâncias,  percebo-me presa, tensa, não conseguindo deixar fluir a imaginação. De qualquer forma, sou a mesma pessoa que ama a vida, independentemente de conseguir ou não liberar a sensibilidade ou reações de alegria ou tristeza diante da realidade do mundo sob a minha perspectiva.

Quando danço, imagino todas aquelas palavras cantadas pelo artista, como se tivessem sido criadas somente para mim e claro, adentro o meu íntimo e sinto o sabor da paixão de tanto ouvir as belas canções de amor. Transmito, na dança, em cada movimento corporal, o que se passa no meu coração.

Até o sonho reflete este estado emocional de frenesi. E quando acordo, fico sem saber se é apenas uma ilusão ou uma memória do contumaz desejo de amor ou ainda, se é um aviso de que alcançarei a minha tão sonhada graça.

“O que eu quero dizer” ninguém entende, ou porque não me ouvem, ou são incapazes de sentir ou talvez porque eu mesma não o saiba expressar de tão profundo e arraigado que está em mim.

Adriana Quezado



















ADRIANA QUEZADO
Enviado por ADRIANA QUEZADO em 13/06/2006
Reeditado em 16/07/2008
Código do texto: T174714
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ADRIANA QUEZADO
Fortaleza - Ceará - Brasil
202 textos (13849 leituras)
1 e-livros (76 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:02)
ADRIANA QUEZADO