Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se o meu computador falasse...

Romeu Prisco
 
Ele, que não é o Herbie e que nem mesmo nome tem, pois apenas atende por números de série, de modelo e de memória, talvez me dissesse: conheço-te como ninguém ! Conheço-te pelo que escreves e, principalmente, pelo que não escreves e pelo que pensas. Aqui estão os teus grandes e pequenos segredos.
 
Não te preocupes, porque não vou revelá-los. Ser-te-ei fiel até que eu seja substituído por um novo equipamento, mais moderno e avançado. Tem sido diante de mim que passas a tua vida a limpo. Já te vi alegre, sorridente, triste, deprimido e decepcionado. Contemplativo e meditativo. Ousado, ma non troppo. Ora dialogando baixinho com outros internautas, ora lendo-os, ora simplesmente ouvindo-os.
 
Sei quem aprecias e quem não aprecias. Sei o que aprecias e o que não aprecias. Sei o que te causou grande contentamento e o que te causou grande revolta. Uma desta ainda curtes até hoje. Não vou te dar conselhos. Tens feito o que é necessário, dentro das tuas possibilidades e da tua maneira de ser.
 
Sabes o que mais admiro em ti ? A tua vontade e o teu prazer indomitos de escrever. De escrever bem e corretamente, com estilo próprio, ressalvadas as tuas deficiências gramaticais e, obviamente, os textos coloquiais. Por isso, permito que uses e abuses de mim. Sei que escreveste praticamente durante toda a tua vida, primeiro como estudante, depois como profissional liberal e atualmente como candidato a escritor-poeta.
 
Escreveste muita coisa boa, bonita, prática e objetiva. Porém, também escreveste muita abobrinha, coisas sem pé e cabeça, ainda que com boas intenções. Por isso, há igualmente outras pessoas que te admiram, outras que não gostam de ti e outras para quem apenas passas batido. Pior seria, no dizer de Nelson Rodrigues, se fosses uma unanimidade.
 
Pronto, acho que agora posso te liberar para outras atividades. A tua cara-metade está te esperando para que acabes de pintar o porão da chacrinha. Sei que não é preciso pedir, porque o farás quase automaticamente, mas, volte logo. Mais para frente, retomaremos o bate-papo.
 

--------------------------------------------------------------------------------
Romeu Prisco
Enviado por Romeu Prisco em 14/06/2006
Reeditado em 21/06/2006
Código do texto: T175057

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Romeu Prisco
São Paulo - São Paulo - Brasil
142 textos (31844 leituras)
9 áudios (4848 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:07)
Romeu Prisco