Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRISTEZA, OU RISOS?

Engordei.Estou me sentindo péssima com esse peso a mais, pois minhas roupas, estão ficando apertadas.Sei que é resultado do inverno antecipado que veio visitar o sul do país, juntamente com tudo o que comi nesses dias em que fiquei em casa.Até ambrosia  eu fiz e nem esperei esfriar para comê-la risos, muitos risos.

Só que agora, sei que tu não me amas e nem as lágrimas, quiseram me fazer companhia.
Quanto eu mais tento entender, mais me aproximo da solidão e ela, me tira, sem piedade, o restante das forças que habita meu corpo (só que agora é um corpo mais pesado) risos risos.

Sei que é bom rir de mim mesma e, a cada vez que reinicio a leitura desse texto, o riso aumenta, consideravelmente. Sei também que isso é um bom sinal, de que logo ficarei boa (sem duplo sentido)risos.

Preciso dos teus carinhos.Não, necessariamente de todos, apenas alguns como: deixares eu encostar minha cabeça em teu colo; as tuas mãos acariciando os meus cabelos; um abraço terno, porém forte e protetor, ou um simples beijo em minhas mãos!

Não sinta pena de mim, pois sei que sou forte (ainda mais agora) risos.
Acho melhor, eu parar de escrever, pois o que era para liberar minha tristeza, virou humor e, nesse gênero, sou sem graça, necessito de escola, de professor e de cola...necessito também, do verdadeiro amor.


Cármen Neves
Enviado por Cármen Neves em 20/06/2006
Código do texto: T179164
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cármen Neves
Cricíuma - Santa Catarina - Brasil, 50 anos
1262 textos (541307 leituras)
2 áudios (781 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:56)
Cármen Neves