Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Anel

02/12/05
O Anel

Coloquei o anel no dedo errado distraidamente e saí para o meu compromisso cristão.
Fui à missa. Na hora da oração, olhei o meu dedo e a jóia não estava mais lá. Procurei-o nos bolsos, no chão, e nada.
 Pedi a Deus que me ajudasse a achar o meu lindo anelzinho, não pelo valor (como jóia) que representava e sim pelo valor sentimental, pois a pessoa que me presenteou, deu-mo com grande carinho. Eu não poderia desfazer-me desse objeto dessa forma tão negligente.
Durante três noites seguidas, sonhei que o anel estava escondido em algum lugar, caído onde ninguém o veria, numa brecha entre o assento e o encosto do sofá.
 Acreditava, com toda fé, que o encontraria com a ajuda de Deus.
Fui à natação, logo depois fui à hidroginástica, quando lembrei do sonho. Fiz exatamente como o sonho indicara e encontrei o anel, escondido onde ninguém o podia ver, numa brecha entre o assento e o encosto do sofá.

A – Arco achado
N – Novo, jóia rara.
E –Especial sempre
L – Lindo brilhante
                                                     Adriana Quezado

ADRIANA QUEZADO
Enviado por ADRIANA QUEZADO em 23/06/2006
Reeditado em 15/07/2008
Código do texto: T181009
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ADRIANA QUEZADO
Fortaleza - Ceará - Brasil
202 textos (13849 leituras)
1 e-livros (76 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:06)
ADRIANA QUEZADO