Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Estou triste! Porque não sei! Ou sei!
Às vezes as lembranças tristes chegam sem que a gente esteja esperando por elas! Chegam fortes, invasivas, opressivas......
E por mais que as mandemos embora teimam em permanecer ao nosso lado. Caladas, invisíveis...mas presentes! E aí vão nos envolvendo, nos invadindo ... Que fazer ? Enfrentá-las ou aceitá-las?
Expulsá-las ou dialogar com elas!
Melhor aceitá-las, dialogar , questioná-las!
De vez em quando temos que passar por isso!
Por quantas tristezas passamos na vida.
Porque? Como? Quando?
Porque tinham que acontecer!
Como? de qualquer maneira! Quando? quase sempre inesperadamente!
E com cuidado, para não machucar o coração, vamos revivendo uma por uma, sentindo que cada uma depois que se foi, nos deixou sempre um aprendizado de paciência, humildade, resignação e acima de tudo coragem!
E o remédio para aliviar esses momentos, só existe um! Chorar ! Mas chorar mansinho, pouquinho, devagarzinho...
E assim lavamos o coração. E assim elas se vão!
E nós aqui continuamos!
Marly Caldas
Enviado por Marly Caldas em 25/06/2006
Código do texto: T182360
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marly Caldas
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 77 anos
513 textos (27638 leituras)
2 e-livros (311 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:23)
Marly Caldas