Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amigas, amigas arroz à parte!

09/05/04
Amigas, amigas arroz à parte!

Lucitássia garantiu que fazia arroz bem soltinho. Sendo assim, Corina a contratou para ser a cozinheira da casa.
Na hora do almoço, Corina e Lineu se sentaram à mesa, desejando comer batelada que é o prato principal. Sentiram cheiro de queimado, mas não disseram nada um para o outro, julgando ser o vizinho que tem mania de fogueira.
Assim que levaram uma colherada da famosa batelada à boca, cuspiram ambos ao mesmo tempo. A dona patroa chamou a empregada e reclamou o “riz” queimado.
Ela, a serviçal, justificou que gosta de arroz bem “brulé”.
A dona patroa, então ensinou como fazia batelada decente e se ela quiser comer tudo queimado, fizesse separado para ela. Lucitássia logo aprendeu a cozinhar e já gostava do arroz cozido.
Uma semana depois, Corina desejou arroz com piqui. E avisou para cozinheira.
E ela disse:
        - Sim, sim, senhora.
Na hora do rancho, o arroz estava amargo igual a fel.
Mais uma vez, foi reclamar: como pode de uma hora para outra regredir desse jeito. A assistente disse que pegou o piqui, picou e jogou o caroço no lixo.
Para os analfabetos de cozinha, o caroço é a parte comestível. E Lucitássia picou nada menos que a casca do piqui.

Riz: Arroz em francês
Brulé: Queimado em francês
Rancho:Comida que se faz para muitos em comum (em espanhol)

Adriana Quezado


ADRIANA QUEZADO
Enviado por ADRIANA QUEZADO em 27/06/2006
Reeditado em 15/07/2008
Código do texto: T183113
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ADRIANA QUEZADO
Fortaleza - Ceará - Brasil
202 textos (13849 leituras)
1 e-livros (70 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:12)
ADRIANA QUEZADO