Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solange

Estava cursando a segunda série do Curso Primário na E.E. Dª. Antônia Valadares, que funcionava onde hoje é o Museu da Cidade. Nossa professora, Dª. Veneranda era muito rigorosa com a disciplina e todos nós tínhamos por ela respeito misturado com medo. Um dia, ela precisou se ausentar e veio para substituí-la uma jovem chamada Solange Machado. Nós  vibramos de alegria, porque, desde o primeiro dia, ela se mostrou carinhosa com todos e  nosso respeito era grande para com ela. Solange tinha outras qualidades que somavam  para que ela cativasse a cada um de nós. Estava sempre sorridente, elegante e esbelta. Tinha eu, na época, 8 anos, mas a lembrança está tão viva em minha memória que sou capaz de descrever suas aulas como se tivessem sido hoje!
Ouvir estórias sempre foi do gosto de toda criança  e ela caprichava também nessa arte. Tivera eu o relógio do tempo para voltá-lo e poder  novamente sentar naquelas duras carteiras, só para usufruir a alegria de assistir às suas aulas e encantar-me com seus interessantes contos!
 Procurei trilhar seus caminhos e também formei-me professora. Fomos trabalhar juntas na E.E. Monsenhor Domingos Evangelista Pinheiro.  Aposentamos e hoje  somos amigas e sempre nos encontramos nas reuniões mensais do Grupo das Amigas Aposentadas!
Solange continua  esbelta, elegante, sorridente e carinhosa!


fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 27/06/2006
Reeditado em 29/06/2006
Código do texto: T183229
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (204312 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:37)
fernanda araujo