Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EDUARDO E GLUGLA

-Ei, vovóóóóóóóó...  Chegueeeeeeeei!..
-Que maravilha! Toma a bênção, meu amor.
-Bênção, vovó. Minha mãe foi ao médico e eu quero desenhar no computador.
-Deus te abençoe.
Duda, enquanto vou digitando uma historinha, você escreve outra, neste papel. Combinado?
-Vovó, você faz a historia do meu peixinho, que morreu?
-Faço. Vai me contando.
-Eu estava mexendo com o Eduardo e a mamãe falou: Dudinha, não mexa com o peixe, senão ele morre. E anda logo, que você vai ficar na casa da sua avó.
-E aí?
-Aí eu falei que ia mexer só um pouquinho.
-Conta mais.
-Depois, eu gritei: mamãããããããe, o Eduardo morreeeeeeeeeeeeu!
-Continue.
-Ela disse: eu não te falei que ele ia morrer, Dudinha?
-E você disse o quê?
-Ué! Eu disse que o Glugla não morreu ainda, oras!
-Como, assim?!
-É que eu botei muita água no aquário e ele pulou no chão, vovó.
-Minha Nossa Senhora! O Glugla morreu, também?
-Não, né, vovó. Ele foi pulando para debaixo da geladeira e eu puxei ele com a vassoura. Depois, quando o peixinho ficou quietinho, botei ele lá dentro, de novo, e ele mexeu a boquinha.


Anna Célia
Enviado por Anna Célia em 05/07/2006
Código do texto: T187875

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anna Célia Dias Curtinhas _ http://annacelia.multiply.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Célia
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 70 anos
1158 textos (55245 leituras)
1 e-livros (216 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 05:55)
Anna Célia