Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos Cegos

         Como podemos ter olhos abertos e não enxergar nada além de nossas vistas?
         A realidade é clara e permanece brilhante, chamando a atenção da cegueira que maltrata o homem. Na verdade, não existe a cegueira que assola a vida do ser humano, é a “realidade”, uma tortura para o sonho individualista que predomina os pensamentos que formam a mente humana.
         O egoísmo, a corrida pelo tudo ou nada, faz morrer a essência do verdadeiro “eu” que teria de ser fraterno, ou na verdade, um “eu” com coração de “carne”. Basta andar pelas ruas frias de inverno da cidade escura para perceber que não restou sentimento que fizesse despertar a Alma doce de um Anjo, que correria em busca de uma verdadeira felicidade, acima de qualquer interesse próprio mas, enxergando hoje, com os olhos já abertos e sarados, um amanhã repleto de riso e de contentamento constante.
        Tudo isso, se resume em um só ato, um simples movimento espontâneo de descobrirmos nossas franquezas, despertando os nossos talentos, em busca de um futuro melhor do que o nosso instante presente.
Victor Lazzaro
Enviado por Victor Lazzaro em 08/07/2006
Código do texto: T189703

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Victor Hugo Pereira Lazzaro v.lazzaro@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Victor Lazzaro
São Paulo - São Paulo - Brasil, 28 anos
33 textos (2365 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:05)
Victor Lazzaro