Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dando uma de Alice

Não adianta tentar fugir da alienante televisão, mais dia menos dia você vai se flagrar defronte à ela com os olhos esbugalhados assistindo mais  uma nova reportagem de corrupção, naquelas horas distraídas em que você só liga a TV enquanto se troca, ou enquanto espera o programa da Ana Maria  Braga.
    Você jurou que não queria mais saber de política, que já tinha se aborrecido o suficiente, e televisão nem é o seu forte, na verdade você queria mesmo era ver uma reportagem sobre cabelos, sobre sapatos, e rir um bocadinho com o Louro José, mas perdida entre uma passada de creme ou na escolha da roupa que vai vestir, acaba prestando atenção àquela vozinha que está embutida naquela imagem quase amadora,  que mostra o quanto é cruel você ainda acreditar nas pessoas e ver que quase não salva ninguém.
     Se duvidar um dia desses você se pega achando que levar vantagem nesse país é que é o certo, porque trabalhar quase 14  horas por dia não te garante que a grana dê para todas as despesas, mas você cora só de pensar em passar a perna num cliente, ou tirar proveito de uma situação; como você iria encarar seus filhos e cobrar deles um comportamento exemplar, ou como você iria pedir a benção à sua mãe, sabendo que ela confia em você ? Será que a coragem chega a tanto? Ou a cara de pau....
    Não tem jeito, se você foge do jornal da televisão, quando abrir sua caixa postal alguém vai trazer a notícia fresquinha da fraude nos correios, ou vai meter a lenha no governo, mesmo que você já saiba, vai confirmar, senão vai ficar sabendo da corrupção de Rondônia, não tem para onde fugir.
       Difícil mesmo é você continuar sendo "careta" num mundo onde parece que a lei de Gerson (tadinho dele, não merecia isso),prevalece em  todos os lugares.
      Acho que vou me trocar assistindo o Cartoon, que me importa se virar Alice...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 23/05/2005
Código do texto: T19172

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55629 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:38)
Angélica Teresa Almstadter