Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A bancada evangélica e o sanguessuga. 

     É triste quando vemos o nome de Jesus, princípios espirituais sendo usado para beneficio próprio. Não dá para ficar calado e fingir que está tudo bem, que todos somos também pecadores então temos que ficar quietos. 

     Tenho muitos amigos e grandes por sinal, pessoas íntegras que são evangélicas, como também tenho excelentes amigos de outras doutrinas como espíritas, e de varias diferentes espiritualidades. 

     Sabemos que pessoas más se encontram em todas as espiritualidades católicos, evangélicos, espíritas, etc., etc. Então ser ruim não é privilegio de algumas ou determinadas religiões. A maldade está no homem independente o tempo, o espaço, a cultura, a religião, a sociedade... 

     Pois bem, mas quero aqui ater a bancada evangélica que estão salteando os cofres públicos, que fizeram de uma espiritualidade o artifício para atingirem o poder e fazerem o que fizeram. 

     Há pessoas que Deus lhe dá um Dom maravilhoso que é a eloqüência, a oratória, o Dom precioso de persuasão para ser usado para propagar o Reino de Deus, para promover a paz. Há tantos que tem o Dom maravilhoso da interpretação da Palavra de Deus e assim, ao ler um texto bíblico consegue penetrar as palavras nos corações dos homens, principalmente aqueles que se encontram com problemas emocionais, que se encontram desesperadas com problemas de saúde, com conflitos nas famílias. Enfim, há àqueles que são dotados deste Dom maravilhoso, transmitir a mensagem de Deus. 

     O que nos deixa indignado é o uso da Fé para a promoção pessoal, e pior, o enriquecimento ilícito, “pastores” que usam de seus Dons aproveitando da desgraça, do sofrimento de seu rebanho para por meio deles chegarem ao Poder. É algo realmente triste e deplorável, porque na verdade quem elege esta corge, esta escoria  são os evangélicos de modo um modo geral. 

     Porém, Deus é maravilhoso, e não deixa o mal perdurar, pode passar o tempo, mas as mascaras caem. Ele não permite que o mal perdure por muito tempo, Ele mesmo faz o tempo. 

     O homem sempre é uma continuidade de sua existência, é fruto de sua vida pregressa, sua história, seu passado. A mudança, a transformação não acontece de um dia para o outro é um processo continuo. Partindo deste prisma, se fizermos uma analise no histórico de vários destes pastores evangélicos veremos que seu passado não os abona e que, o que fizeram faz parte de seus currículos do passado. 

     O que se torna triste é a posição dos evangélicos que de certa forma acabaram sendo atingidos, que ficam sem saber o que fazer e decepcionados com seus lideres. Pior ainda, é o arranhamento do cristianismo. Para os não cristãos, ou aqueles que são céticos e vivem a macular os cristãos é um prato cheio para levantarem criticas a espiritualidade cristã. 

     É preciso estar atentos as estas palavras de Jesus nesta eleição, cap. 7,15 –16 Guardai-vos dos falsos profetas. Eles vêm a vós disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos arrebatadores. 16 Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinhos e figos dos abrolhos?
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 22/07/2006
Reeditado em 22/07/2006
Código do texto: T199483
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5266 textos (1219344 leituras)
5 e-livros (11756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:56)
Ataíde Lemos

Site do Escritor