Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paz já!

 
Não há motivos que me convençam da necessidade de uma guerra.
Não posso compreender menos ainda aceitar vidas inocentes sendo ceifadas para alimentar com seu sangue a ira dos donos da guerra.
Não se mata em nome de Deus, de Alá ou de quem quer que seja; se mata pela sede de ver sangue escorrer, pelo desejo único de vingança, pela maldade e pela ignorância.
Humanos matam por prazer, por ambição; nada, nunca justifica a matança, nem de uma só pessoa, nem de uma população.
Não existe guerra só para destruir o poder, guerra mata inocentes, mata crianças, mata esperanças.
Guerra faz doer a alma de quem assiste, faz doer aos que ficam, e dói nos que padecem nela antes de morrer.
A guerra é a insanidade dos homens, é marca da brutalidade do ser humano.
A intolerância do homem vai levá-lo a destruição, o egoísmo e a sede desmedida vai consumir todo o dom da vida, presente de Deus.
Onde estarão os defensores da Paz? Calem já as bombas! Cessem imediatamente os mísseis! O sangue já encharca a Terra  e a nossa alma!
Quero Paz! Quero vida para os meus irmãos!
Que cada povo tenha seu chão.
Que cada povo tenha liberdade de professar seu credo.
Que cada povo se respeite  e respeite seu semelhante.
Que a Paz nasça dentro de cada um de nós e que aprendamos a semeá-la por onde passarmos.
Um minuto de silêncio pela Paz na Terra entre os homens de boa vontade!
Abaixo os Senhores da Guerra!
 
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 28/07/2006
Código do texto: T203978

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55634 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:15)
Angélica Teresa Almstadter