Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nossos cidadãos

Lembrei de um fato:

Uma senhora muito humilde, conversando com uma outra sobre deus; ela disse a amiga:

-Nesse mundo a gente não perde por ser “bão pro zoto”, um dia bateu na minha porta um “pedidô de esmola” eu dei uma nota de “doi real” pra ele, e quando foi “onti” eu “tava” comprando umas coisa no “mercadinho” o moço me voltou o troco errado, era pra ele me “volta” “vinte real” ele me deu uma nota de 50. Eu fiquei bem “quetinha”, daí lembrei do “pedidô de esmola”. Foi o jeito que deus “acho” de me “recompensa”.

-Deus é “bão” de mais! “Ta veno”... “Eu tamem sempre do esmola pro zoto"
Chaos Theory
Enviado por Chaos Theory em 02/08/2006
Código do texto: T207765

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chaos Theory
Itajubá - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
78 textos (11378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:32)
Chaos Theory