Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O DESEJO DE UMA CRIANÇA ADULTA.


Quando era criança, por volta dos sete, oito, nove e dez anos,eu sempre tive o desejo de ter um brinquedo da qualidade da réplica do FORD- 1948, fabricada agora, com a tecnologia de 2001.
Evidentemente que, sendo um dos oitos ou nove filhos que os meus queridos pais já tinham naquela época, não havia condições de ver o meu sonho realizado.
A bem da verdade, o meu pai, com o necessário sacrifício, procurava presentear os seus filhos com brinquedos mais acessíveis, ou seja, aqueles simples e de plásticos, enquanto  que os sofisticados, fabricados pela Estrela, permaneciam nas prateleiras das lojas e magazines, fazendo- me tristonho, quando passava em frente das vitrines ornamentadas.
Ao atingir a maioridade, me envolvi logo com a intenção de casar e fazer a minha residência, que hoje é a realidade da maravilhosa família e por isso fui deixando de lado a realização daquele desejo, o qual sempre permaneceu em meu espírito de criança, conservado até hoje.
A exemplo de meu pai, também com sacrifícios, amenizado pelo menor número  de filhos, tive a oportunidade, com o apoio de minha mulher, de oferecer aos filhos, melhores presentes, do que ganhávamos. Os meus filhos tiveram, cada um deles, sua bicicleta nova, carros movidos à pilha, bonecas e outros tantos brinquedos, que nos pediam. Eram atendidos, ainda na medida do possível, mesmo assim, sem comparação com a minha época de criança.
Tudo que eu e a família obtivemos como benfeitorias e patrimônio foi conseguido com imensa luta. Até o veículo próprio,o primeiro fusca, funcionou sob a minha propriedade, durante vinte e dois anos, sempre em estado de conservação com altos e baixos, ou seja, ora reformado, ora com o limpador de para brisas desativado,pneu careca,etc...
Graças a Deus, que nos deu a dádiva de alcançar o estágio da aposentadoria, estamos em situação bem confortável, podendo desfrutar de um veículo de verdade, mais um pouco moderno e agora , comprar os carros de brinquedo, que tanto eu ansiosamente desejava.Somos privilegiados e amados pela força divina, pois atualmente ainda estamos razoavelmente saudáveis, de forma que possamos dividir com os netos  as brincadeiras com carrinhos, postos de gasolina, fazendinhas, bonecas, etc...

OBS: Este trabalho de redação inspirou-se na memória dos
meus saudosos pais, para os quais desejo o descanso eterno.      
Demarcy de Freitas Lobato
Enviado por Demarcy de Freitas Lobato em 03/08/2006
Código do texto: T208638
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demarcy de Freitas Lobato
Miguel Pereira - Rio de Janeiro - Brasil, 75 anos
367 textos (105469 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:48)
Demarcy de Freitas Lobato